BOOKS || Expiração (Ted Chiang)

Autor: Ted Chiang
Tradutor: Braulio Tavares
Editora: Intrínseca
Série: Não
Temas: Contos, Ficção, Suspense, Mistério
Em nova coletânea, um dos principais autores contemporâneos de ficção científica continua a estimular reflexões sobre as grandes questões da humanidade.
Depois um dos contos de História da sua vida e outros contos ter inspirado o filme A Chegada–, Ted Chiang volta a nos apresentar nove histórias, sete delas publicadas entre 2005 e 2015 e duas inéditas.
O conto que dá título ao livro, ganhador do prêmio Hugo em 2009, é a mensagem alarmante de uma civilização muito mais avançada e já extinta de seres com órgãos mecânicos. Com cilindros de ar no lugar de pulmões, eles acreditam que viverão para sempre, até que um cientista resolve investigar a si mesmo e faz uma incrível descoberta: o ar respirável só existe porque seu fluxo no universo está em desequilíbrio, numa espécie de osmose.
Já “O Grande Silêncio” mostra os esforços dos seres humanos em busca de vida inteligente alienígena, apesar de não conseguirem conviver sequer com outras espécies no próprio planeta. Em “A ânsia é a vertigem da liberdade”, Chiang cria um mundo onde se questiona o tempo inteiro a existência do livre-arbítrio, uma vez que existe um dispositivo que permite que as pessoas se comuniquem com versões de si mesmas em universos paralelos. Se hoje dispomos de gadgets com inteligência artificial em uma fase quase inicial de desenvolvimento, em “O ciclo de vida dos objetos de software” vemos como a ideia de animais e pessoas robotizadas com níveis de inteligência artificial elevados ao extremo nos faria repensar os conceitos de “ser vivo” e “direitos”.
Misturando doses certas de ficção científica às nossas questões mais antigas enquanto espécie e indivíduos, a narrativa de Chiang impressiona e estimula profundas reflexões sobre o homem, a humanidade, a sociedade e o livre-arbítrio. 

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<

"Ó poderoso Califa e comandante dos fiéis, estou aqui, humilde, diante do esplendor de vossa presença; um homem não pode desejar bem maior enquanto estiver vivo.”


RESENHA<<<

Hoje trouxe uma resenha do livro de
Ted Chiang aclamado no gênero ficção científica, para quem não faz a menor ideia do que estou falando, ele publicou "História da sua vida e outros contos" que deu origem a adaptação cinematográfica "A Chegada". Clareei sua mente agora?

Expiração sua mais recente obra, traz nove contos, sendo que dois inéditos e os outros sete publicados em midias diferentes. Expiração, é um dos contos desse livro e que foi vencedor do prédio Hugo em 2009. 

Em seu enredo encontraremos o "pacote conhecido" de uma civilização a frente da nossa e extinta, onde essa civilização usa cilindros de ar no lugar de pulmões, com isso, essa civilização acreditava ser possível viver eternamente, porém um cientista ao pesquisar a si mesmo, faz novas e admiráveis descobertas. Esse é um breve resumo, já que se trata de um conto, não dá para me estender demais. 

Os contos inéditos são Ônfalo e A ânsia é a vertigem da liberdade. Em Ônfalo temos uma arqueóloga e ali ciência e religião se complementam como um todo. O que achei bem interessante, sinceramente. O último conto, A ânsia é a vertigem da liberdade, foi um dos contos que achei mais interessante, pois traz tema atual misturado com a ficção, através de um gadget que possibilita que nos comuniquemos com versões alternativas nossas que fizeram diversas escolhas diferentes da nossa, usando a realidade alternativa como pano de fundo. Um tema que me atrai muito e pode parecer familiar para você e até para mim, mas que nas mãos de Ted Chiang ganham um colorido especial e diferente! 

Bom, gente, eu adorei essa coletânea e apesar de não ter lido a primeira completa, já quero para ontem! 

Se eu recomendo? De olhos fechados! 

Share:

0 comentários