BOOKS || A Cidade dos Fantasmas (Victoria Schwab)

Autor: Victoria Schwab
Tradutor: Marcela Filizola
Editora: Galera Record
Série: Sim, livro 1 (série Cassidy Blake)
Temas: Infanto-juvenil, Fantasmas, Fantasia
Em A cidade dos fantasmas, uma fantasia young adult de Victoria Schwab, conheça a história de Cassidy Blake. Seus pais são os conhecidos Espectores, uma famosa dupla de caça-fantasmas. No entanto, em segredo, quem realmente consegue ver – e se comunicar – com os espíritos é a própria Cass.
Cassidy Blake vive uma rotina simples e tranquila com seus pais no subúrbio. Sua vida é perfeitamente normal – exceto pelo fato de ela conseguir se mover, através do Véu, entre o mundo dos vivos e o dos mortos e por ter como melhor amigo Jacob, um fantasma.
Quando seus pais são convidados por uma emissora de televisão para apresentar um programa sobre os lugares mais assustadores do mundo, seu cotidiano vira de cabeça para baixo. Em pouco tempo, estão todos – Cassidy, seus pais, seu melhor amigo fantasma e Ceifador, seu gato – em direção à superassombrada Edimburgo, na Escócia, a primeira parada do roteiro do programa... e situações fora do comum começam a acontecer.
Na Escócia, Cass se vê cercada, para onde quer que olhe, por fantasmas de todos os tipos, e, é claro, nem todos são gentis e amigáveis. Em meio às incertezas sobre como deve usar seu dom, Cassidy e Jacob se deparam com a Rapina Rubra, um espírito maligno e lendário que surge a cada inverno para assombrar a população local – principalmente as crianças.
Cruzando a cidade e passando pelos pontos turísticos mais célebres da região – do cemitério Greyfriars ao bar The White Hart Inn, do Beco de Mary King ao castelo de Edimburgo –, Cassidy e Jacob conhecem a fundo as fábulas, mitos e segredos da cidade, e precisam confrontar a história sangrenta e sobrenatural da capital escocesa.
Ainda que em meio a uma empreitada de muitas reviravoltas, os poderes de Cassidy – além de sua bravura e coragem – a levarão a uma batalha épica e, para salvar a si mesma e aos que ama, ela precisará de um impulso e determinação finais, que se estendam tanto pelo enérgico mundo dos vivos quanto pelo sombrio mundo dos mortos.

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<

"As pessoas acham que fantasmas só aparecem à noite, ou no Halloween, quando o mundo está escuro e as paredes estão mais finas.

RESENHA<<<

As vezes sinto que essa história de tudo ser uma série, faz com que os livros sejam sem alma/conteúdo como aconteceu aqui. Cheguei ao final sentindo falta de praticamente tudo. A minha sensação foi que seria um prequel, um livro super curto com 225 páginas (a média é de 300/350), me questiono o porquê fazer algo tão curto, sem desenvolvimento e raso num primeiro livro se vai ser uma série?

De maneira geral, a premissa é boa e temos personagens interessantes, mas faltou desenvolvê-los! Você percebe que tem mais coisas ali, que poderia ter ido super além do que a autora nos apresentou e ter descritos e desenvolvidos algumas cenas melhores. Muita coisa conveniente e resolvida quase num estalar de dedos.

A sinopse te promete muito, mas entrega muito pouco. Já li outras coisas da autora e sei que ela pode ir muito além do que foi apresentado aqui. Sendo assim, me questione se o público que ela quis atingir não seja alguém mais novo ou quem está começando a se interessar por leituras.

Espero que no próximo, a autora explore mais a lado de Cassidy e seus pais loucos por fantasmas, mas de uma forma que ela abrace mais a história e realmente interaja e tente descobrir o porquê dela ser especial.

Share:

0 comentários