QUICKS || Resumão 2020

Este é um post que tenho adorado fazer, ele me ajuda a fazer um resumo do meu ano e eu vejo pouco a pouco como meus hábitos mudam e até mesmo a quantidade de livros as vezes é impacta. E para vocês acompanharem  junto comigo, eis que o nosso #Resumão está no ar!!! Bora revisitar as resenhas e rever os títulos que passaram pelo Mon Petit Poison e ver o que foi bom, ruim e o que devemos deixar para lá.



Entra ano, sai ano e a gente sabe que sempre tem livros que a gente espera demais e eles não são nada daquilo ou temos livros que ninguém dá nada e são uma ótima leitura. Cada ano que passa, sinto que temos menos livros ‘bombados’....

Para conhecer as resenhas dos livros citados, basta clicar nos nomes.

***

ANTÍDOTO

Desde 2017 não tem mais livro abandonado no blog, o último foi “A Magia da Raposa”. Ultimamente tenho dado atenção as sinopses e se não curto, nem pego para ler... Não sei se é um olho mais clínico ou se eu já conheço o meu gosto e se não ‘bate’ eu deixo para lá...

Por outro lado, as vezes me pergunto se com essa atitude eu não esteja perdendo algum livro/série bacana...

***


SUAVE

Esta classificação significa que não foi abandonado, mas quase. Geralmente trazem histórias fracas, repetitivas, os legalzinhos, os que chegamos ao final porque somos brasileiros e não desistimos nunca.

Em 2020 tivemos 9 posts na categoria, todos livros. Em comum muitos livros de série, não necessariamente na mesma posição, mas livros que fazem parte de séries, ou seja, a ideia é boa, mas o autor errou a mão...rs. Deixo NY 2140 e O DESGOSTO DE AUGUST (representando as séries).

Na distopia de NY 2140, o excesso de personagens e as narrativas que nos cativam foram fatais para a leitura seguir arrastada e relativamente chata. Como tem uma mistura de realidade e ficção, tem uns pulos e uns vazios que nos deixam sem entender a crítica/ fundamento do autor para suas criações na área distópica. Mas o pior tenha sido a demora para fisgar o leitor.

Já em O DESGOSTO DE AUGUST, é aquele tipo de livro onde tem alguns personagens mala e que a gente pega ranço, mas o que eu sinto é uma certa enrolação, onde poderia ser um livro com começo-meio-fim e no máximo 2 livros, a história fica esticada e acaba não sendo tão interessante e as vezes até cansativa também...


***

TÓXICOS

A grande maioria das leituras, não é ruim, mas poderiam ser melhores.

Geralmente em grandes séries a gente sempre sabe que metade dos livros terão essa classificação, a coisa fica repetitiva e não há mais aquela empolgação. Eu não descarto de cara, mas vou vendo como as coisas evoluem (no caso de séries de livros/tv).

 Foram 20 itens classificados assim. Tivemos 1 filme e 19 livros.

Não preciso muito falar de Lara Jean, né? É um filme legal, bonitinho, fofo e super recomendando nesses dias pesados que estamos passando, mas enquanto vi/vejo/entendi a autora ter dividido em 3 livros, não vi muito sentido em dividir os filmes, principalmente porque tiraram um monte de coisas de lá. Se vamos seguir o livro, vamos seguir o livro...senão era melhor fazer um resumão e colocar as partes mais importante e fazer um filme só maior....

Começo com o MIX DE LIVROS, quando classifico como tóxico é exatamente esse sentimento que eu tenho: livros ok, que a gente deve dar uma chance, mas não vai mudar seu mundo e caso você não leia, também não será julgado por isso. São histórias legais e divertidas.

Já AS CHAMAS NO PARAÍSO, é um caso meio de amor/ódio, eu gosto da ideia da série, mas são 14 (ou 15 livros), não temos previsão se todos vão chegar por aqui e sempre são livros enormes, muitas vezes me sinto numa história arrastada e acho que poderia ter sido cortado várias coisas para deixá-la mais leve e fluida e sem contar meu ranço com alguns personagens. Eu adoro histórias com diferentes pontos de vista, mas quando aparece os dos personagens que não curto, a leitura dá uma travada... mas estou devagar e sempre na leitura (até cansar de vez dela...rs).

DARKDAWN o ponto forte da série é a descrição e a personagem ser forte, porém no final da série as coisas foram ficando a desejar, principalmente do diálogo, foram fracos e cheio de palavrão (só por colocar). Mas de maneira geral, tivemos uma boa finalização de série e questões respondidas. 

Bastante livros de séries, de maneira geral, vale a leitura e você se diverte, a gama de temáticas é grande e diferente. Sinceramente? Não morri de amores por nenhum deles e só lembrei de volta agora na hora de fazer esse post. Intercale com alguns livros que você quer muito ler e tire alguns deles da sua pilha de livro (ou simplesmente aceite que você não irá ler).


***

VENENOSO

A coisa começa a esquentar e a melhorar, alguns a gente torce para que ele melhore e fica com aquela sensação de livro bom e que todo mundo precisa ler...rs


Tivemos 33 itens nessa categoria, 1 série e 32 livros.
Série: EMILY IN PARIS
Livros: NONA CASA, BIBLIOTECA, O SEGREDO DA LIVRARIA EM PARIS, OS PERGAMINHOS VERMELHOS DA MAGIA.

Já comentei no vídeo que apesar da série contar com muitos clichês e um certo exagero, achei sim a série divertida... é meio bobinha? Sim! Mas é divertida e leve e as vezes é tudo que a gente precisa. Aliás, aproveito para falar para vocês procurarem os diversos vídeos de franceses reagindo a série e/ou fazendo piadinhas, tem cada um mais engraçado que outro.

Preciso destacar NONA CASA, que série, mal posso esperar pela continuação. Fiquei feliz pois a autora me pegou de surpresa e eu fiquei vidrada e morrendo de medo. Como não amar uma série que mistura sociedades secretas e fantasmas e coisas bizarras? Leigh não teve medo de se jogar e a história ficou insana.

Vocês sabem que adoro a Cassie Clare, mas ela tem sido muito crtlC +crtlV em suas histórias, mas PERGAMINHOS me ganhou, acho que finalmente por ela desistir de contar a histórias dos shadowshunter e partir para o submundo, ela pode ir além e acrescentar novidades. O ruim do shadowshunter é que são as mesmas famílias, com os mesmos dramas não importando a linha do tempo. Vou continuar lendo? Com certeza, mas PERGAMINHOS foi o respiro e a emoção que estava faltando...

E representando as séries que pude ler completas (ou quase), tem BIBLIOTECA e CHRONOS, quem não gosta de uma viagem no tempo/espaço? É o que as duas me proporcionaram ao longo de suas páginas, achei que seria bem bobinho, mas foi uma grata surpresa. A leitura me prendeu de uma certa forma que só queria continuar e saber qual seria o final. Além de ter me dado a oportunidade de conhecer novos autores ou temas que geralmente não costumo ler.

 

***

LETAL

O crème de la crème, eis que os melhores do ano. É tão difícil de ler/ver algo bom que quando a gente pega outros livros fica se perguntando por que todos não podem ser assim.

Foram 10 livros com nota máxima, 1 meu e os outros da Karini (ela é mais animada do que eu para notas), entre eles tem: MINHA SOMBRIA VANESSA, O SILÊNCIO DA CIDADE BRANCA e 1793.

Eu dei letal para RECURSÃO, uma leitura de fundir a cabeça, rápida e cheia de coisas loucas. Uma leitura rápida e fluida, a ideia é bem construída e a gente não para de ler, pois a gente precisa saber o que vai acontecer e o final? Meu Deus...

Tem 1 livro que a Karini deu letal, mas para mim foi apenas ok (Tóxico), mas não fiz resenha – A ÁRVORE DOS DESEJOS – um livro ok, não que o livro seja ruim, mas longe de um letal para mim).

Resumão 2013 || Resumão 2014 || Resumão 2015 || Resumão 2016 || Resumão 2017  

|| Resumão 2018  || Resumão 2019

Share:

0 comentários