BOOKS || Daqui até o mar amarelo e outros contos (Nic Pizzolatto)

Autor: Nic Pizzolatto
Tradutor: Alexandre Raposo
Editora: Intrínseca
Série: Não
Temas: Contos,  
Um guarda-florestal salta de um arco de 200 metros de altura. Um artista tenta construir sua obra- prima em um castelo. Uma professora procura o filho desaparecido seguindo rastros de um estêncil manchado de tinta. Um jovem e seu ex-técnico de futebol americano viajam para sequestrar uma garota. Os personagens de Daqui até o Mar Amarelo e outros contos são pessoas comuns, mas a narrativa de suas jornadas nada usuais se aprofunda nas incertezas da existência humana, sem, no entanto, tentar desvendá-la.
Em uma viagem por onze histórias que visitam lugares e realidades às vezes muito distantes, o leitor é apresentado a uma miríade de experiências universais: memória e desejo, saudade e perda, um mergulho na realidade crua dos relacionamentos humanos e nos desafios mais íntimos com os quais todos podemos nos depararem qualquer fase da vida.
Ao unir em suas tramas crueldade, amor, solidão e amizade, Nic Pizzolatto explora os limites tênues entre o bem e o mal, o certo e o errado, enquanto seus personagens tentam transpor os abismos entre eles e os outros, entre o passado e o presente e, às vezes, os abismos ainda maiores que os separam de si mesmos.

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<

"Então a cidade ingressa em outro maio apático e escaldante.”

RESENHA<<<

Olá, hoje trouxe a resenha de um livro que fiquei bastante curiosa.

Conheci o autor através do seriado True Detective, que aliás, super recomendo! Nic Pizzolatto lançou esse livro que traz uma coletânea de contos Incríveis que traz as anfibologias humanas em realce, em uma ambientação variante que consegue captar a tristeza de maneira até poética. E uma das coisas que mais me chamou atenção, foi na forma como ele expressou a dificuldade em criar conexões e nos diferentes caminhos que podemos escolher em determinadas situações. 

São contos que me fizeram refletir, que trouxeram diversos sentimentos à tona e com temas comuns, mas de uma grandeza e maestria sem igual! Pizzalatto tem um talento nato, isso não se pode negar, e através dessa coletânea, fiquei encantada com sua escrita! 

A forma como podemos perceber que o que separa o bem e o mal, o bom e o ruim; é tênue e Pizzolatto nos mostra isso compondo cenários, com dor, amor, solidão, tristeza. Somos apresentados brevemente a personagens palpáveis, em jornadas diversas; como a da professora que busca seu filho desaparecido. Outra em que um jovem e seu ex-técnico que viajam para sequestrar uma garota e outros. E com isso vemos lados diversos dos seres humanos sendo retratados sob o olhar clínico e ao mesmo tempo poético de Pizzalatto! 

Recomendo de olhos fechados. 

Um imenso prazer poder ler essa coletânea! 

Share:

0 comentários