BOOKS || Sim, Não, Quem Sabe (Aisha Saeed & Becky Albertalli)

Autor: Aisha Saeed & Becky Albertalli
Tradutor: Vera Ribeiro
Editora: Intrínseca
Série: Não
Temas: Comportamento, Relacionamento, Romance, Jovem-Adulto
Jamie Goldberg é um dos voluntários mais dedicados na campanha democrata para as eleições locais ― mas só nos bastidores. Porque, além de especialista em questões políticas, ele é especialista em passar vergonha em público. (Sério, seu brinde no bat mitzvá da irmã com certeza vai ser um desastre.) Não existe a menor chance de Jamie pedir votos de porta em porta… até encontrar Maya.
Maya Rehman está tendo o pior Ramadã de todos. Ela odeia mudanças, mas terá que enfrentar várias. Sua melhor amiga vai morar em outra cidade e vive ocupada, a viagem em família foi cancelada e agora seus pais estão se separando. Para completar, a mãe de Maya a obriga a pedir votos com um garoto desajeitado que ela mal conhece.
Bater à porta de estranhos não é nada glamoroso, mas Maya e Jamie vão descobrir que não é a pior coisa do mundo. Conforme as eleições se aproximam, os dois começam a passar cada vez mais tempo juntos. Afinal, precisam encarar projetos de lei racistas, uma avó famosa no Instagram e memes com poodles do mal. Mas o que era só uma aliança política se complica quando sentimentos entram na jogada. As chances de sucesso nas urnas e no amor parecem baixas, mas… quem sabe?
Inspiradas pela própria experiência como voluntárias de campanha nos Estados Unidos, as premiadas Becky Albertalli e Aisha Saeed constroem em Sim, não, quem sabe uma história engraçada, apaixonante e necessária sobre como podemos, pouco a pouco, ajudar a construir um mundo mais justo.

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<

"--.”

RESENHA<<<

Olá, hoje a resenha é do livro "Sim, Não, Quem Sabe". A começar pela capa que amei demais, e ao enredo que é desses fofos e gostosos de ler, que parece sim clichê, mas que agrada ao leitor sem sombra de dúvidas e olha que sempre reclamei desse tipo de enredo por não ter nenhuma novidade, mas que no final são super necessários para nós deixar satisfeitos e com o coração tranquilo.

Os nossos personagens James e Maya, foram amigos de infância que perderam o contato ao longo dos anos, como acontece com muitos de nós no decorrer da vida. Mas eles se reencontram, quando suas mães os voluntariam em uma campanha de eleições locais e com isso angariar votos e afins. Eles acabam passando algum tempo junto, e se veem apaixonados (clichê, eu sei!).

Bom, eu não disse que o livro trazia novidades no gênero, mas traz personagens cativantes, carismáticos e com um enredo fluído e gostoso de ler. 

Uma leitura rápida e leve e que vi que se trata de experiência das autoras que tiveram em uma campanha política na Geórgia. Mas quem já está aí pensando em apenas mais um romance raso, se engana, pois eu não contei tudo! Ahaha

O livro também traz uma representatividade ao introduzir críticas sociais bem colocadas, intolerância religiosa, crimes de ódio e ativismo e trás, claro, o que todos os amantes de romance amam, primeiro amor, família, amizade, descobertas, e alegria, tudo de maneira fluída, dosada e em uma linguagem de fácil compreensão e apreciação para todos os tipos de leitores! 

Share:

0 comentários