BOOKS || O Enigma do Quarto 622 (Joël Dicker)

Autor: Joël Dicker
Tradutor: Carolina Selvatici, Dorothée de Bruchard
Editora: Intrínseca
Série: Não
Temas: Crime, Ficção, Policial, Suspense, Mistério
Numa noite de dezembro, um cadáver jaz no chão do quarto 622 do Palace de Verbier, um luxuoso hotel nos Alpes suíços. A morte misteriosa ocorre em plena festa anual de um prestigiado banco suíço, nas vésperas da nomeação do seu presidente. A investigação policial nada conclui e a passagem do tempo leva a que o caso seja praticamente esquecido.
Quinze anos mais tarde, o escritor Joël Dicker hospeda-se nesse mesmo hotel para recuperar de um desgosto amoroso e para fazer o luto do seu estimado editor. Ao dar entrada no hotel para o que esperava ser uns dias de tranquilidade e inspiração, não imaginava que acabaria a investigar esse crime do passado.

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<

"Eram seis e meia da manhã.”

RESENHA<<<

Hoje teremos resenha dupla aqui no blog.

Minha resenha está em vídeo (no final da resenha tem o vídeo/link...) e abaixo tem a resenha da Karini, ou seja, nós amamos o livro kkkkk.

Vamos conferir as resenhas!!!!

 

Então, hoje venho falar de um livro que não só me surpreendeu, mas me intrigou verdadeiramente. 

Uma história que te prende do começo ao fim. Estava precisando ler algo assim para dar uma animada, após um longo período sem ler quase nada. Um final que sinceramente eu não imaginei e inclusive bem inusitado, que me lembre, ainda não tinha lido nada assim. 

Devorei esse livro em uma sentada. É difícil falar dele sem dar spoilers, a história começa e segue de uma maneira que te prende e te faz sentir como aquelas pessoas super curiosas que não conseguem largar o osso sabe? E quando terminamos, ficamos assim: "Heim?" "Como assim? Que louco!".

A história gira em torno de um escritor que vai passar férias em um hotel luxuoso nas montanhas na Suíça. E através de uma curiosidade que sua vizinha de quarto aguça ainda mais sua curiosidade, ele descobre que houve um assassinato no hotel e aí as coisas vão acontecendo rapidamente, como em uma rede intrincada de situações, personagens e histórias passadas de um para o outro como um telefone sem fio, que te prende de tal maneira que quando vemos, estamos boquiabertos. 

Já conhecia a escrita do autor e já havia me encantado e juro que mesmo sabendo de sua destreza, não imaginei o final. Gosto quando o autor brinca comigo. E me faz pensar e no fim me engana! Talvez eu esteja enferrujada pelo tempo imenso sem leituras do gênero. Mas gostei muito e super recomendo! 


Share:

2 comentários

  1. Recebi esse livro pelo Intrínsecos e comecei a ler toda animada! Só que acabei tendo que fazer uma pausa e ainda não consegui retomar a leitura! Quero muito fazer isso em breve.
    Adorei o que vocês falaram sobre a trama!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Volte sim, como disse, o início do livro é meio méh, mas depois ele avança e mto...rs

      Excluir