BOOKS || Livros Infanto-juvenis (diversos autores)

Autor: Jessica Townsend, Cassie Baesley, Chris Colfen
Editora: Rocco, Agir, Benvirá
Série: Sim
Temas: Infanto-juvenil
Nascida no Escurecer, o pior dia para uma criança nascer, Morrigan é considerada culpada por todos os infortúnios de sua cidade – de tempestades de granizo a ataques cardíacos – e, o que é pior, a maldição a condena a morrer à meia-noite de seu décimo primeiro aniversário. Mas, enquanto Morrigan aguarda seu destino, um homem estranho e extraordinário chamado Jupiter North aparece. Perseguidos por cães de fumaça e sombrios caçadores montados a cavalo, ele a leva para a segurança de uma cidade secreta e mágica: Nevermoor. Mas, para permanecer definitivamente em Nevermoor, Morrigan precisará passar por quatro desafios difíceis e perigosos, competindo com centenas de outras crianças – caso contrário, terá de deixar a cidade e enfrentar seu destino fatal. 

Você acredita em mágica? Micah Tuttle, sim. Embora a malvada tia-avó Gertrude não aprove, Micah acredita nas histórias que o avô, em seu leito de morte, conta sobre o Circo Mirandus: o tigre invisível que toma conta dos portões, a belíssima mulher-pássaro que voa de verdade, e o mágico mais poderoso de todo o mundo o Homem que Dobra a Luz. Finalmente, o vovô Ephraim oferece provas. O Circo é real. E o Dobra-Luz lhe deve um milagre. Com a decidida e racional amiga Jenny Mendonza ao seu lado, Micah decide encontrar o Circo e o homem que talvez possa salvar seu querido avô. O problema é que o Dobra-Luz não quer manter sua palavra, e agora depende de Micah conseguir o milagre de que tanto precisa. 

Os irmãos gêmeos Alex e Conner estão vivendo os piores dias de suas vidas. Para tentar alegrá-los, no aniversário de 12 anos, a avó os presenteia com o antigo livro de histórias que o pai costumava ler para eles, quando crianças, antes de dormir. E a magia volta a tomar conta da vida dos dois – de verdade! Assim como Alice chegou ao País das Maravilhas após cair num buraco do coelho, Alex e Conner são sugados pelo livro e vão parar dentro do mundo dos contos de fadas. Lá, descobrem o que aconteceu com os personagens após o "E foram felizes para sempre!". Cachinhos Dourados, por exemplo, é uma fugitiva, Chapeuzinho Vermelho tem seu próprio reino e Cinderela, agora rainha, está prestes a se tornar mãe.

RESENHA<<<

Apesar de não ser o público-alvo, vira e mexe gosto de ler livros infantis, acho que me trazem aquele quentinho no coração, onde a magia e todo o faz de conta é possível. Na verdade, é que nunca deixei meu lado criança ir embora, uma síndrome meio Peter Pan?

Na resenha de hoje, farei um apanhado de 3 séries infantis que ando lendo e deixo como sugestão de leitura, caso você tenha esse gosto, tenha sobrinhos ou filhos, ou simplesmente queira dar uma chance...

>Começo com ‘Fabulador’ (falei do livro 1 nesse vídeo), apesar de ter achado a história legal, aqui o desenvolvimento foi bem melhor, nossa protagonista faz parte de uma turma e começamos a compreender melhor o mundo de Nevermoore e como de fato funciona a Sociedade Secreta e quais segredos a gente as vezes precisa guardar, seja para fazer parte de um grupo ou passar em provas.

Morrigan evolui bastante como personagem, no livro 1 ela era chatinha e agora vejo um pré-adolescente que está descobrindo o mundo e como todos nós, tem seus altos e baixos. Em breve chega o livro final e espero que me agrade tanto quanto este livro. Tem aquela pegadinha meio Harry Potter, com magia, escolas, amigos e coisas secretas.

>>Depois falo de Circo Mirandus, o livro tem uma pegada e podemos fazer um paralelo com o filme “Soul’, onde devemos ter cuidado em viver ou estar sempre na expectativa de que algo melhor vá acontecer e a gente acabe não aproveitando o meio do caminho. Traz sentimentos conflitantes, a inocência da infância X crescer e seguir em frente.

Dos 3 aqui apresentados, diria que este é o que realmente fica no infanto-juvenil e traz os dilemas da infância de uma maneira lúdica e mágica. Narrado no presente e no passado, traz informações valiosas sobre os personagens e o que pode acontecer em seus futuros quando momentos ruins ou bons aparecem.

>>>E agora, vem o resumão da série Terra da Histórias (falei do livro 1 e 2 nesse vídeo), mas agora falo dos 4 finais. Acabei lendo bem mais rápido do que imaginei e gostei de como a história evoluiu, principalmente os livros 5 e 6. No 5, Conner nos mostra suas histórias e percebemos que sua vida, seja sem o pai, a sombra da irmã ou no mundo dos contos de fada o afetou e ele mostra em alguns personagens. É bacana ver os personagens tentando se entender.

E então, temos o grande final. Como resolver algumas situações e entender que “Felizes Para Sempre” pode significar um monte de coisas? De maneira geral, a narrativa é boa e flui bem, mesmo algumas coisas sendo clichês a gente se pega torcendo por Alex e Conner e rindo de personagens que a gente só viu de uma maneira nos contos de fadas e o autor trouxe para um outro nível. Talvez a gente espere um pouco de coisas épicas? Sim! Mas acredito que não era a intenção do autor, a ideia era passar mensagens positivas para as crianças e ele conseguiu isso em suas histórias.

Share:

0 comentários