BOOKS || Sombria e Solitária Maldição (Brigid Kemmerer)

Autor: Brigid Kemmerer
Tradutor: Carla Bitelli
Editora: Plataforma 21
Série: Sim, livro 1 (série Curserbreakers)
Temas: Fantasia, Romance, Jovem-Adulto, Releitura

QUANDO UM REINO É AMALDIÇOADO, O AMOR FLORESCE NOS LUGARES MAIS SOMBRIOS. 
O reino de Emberfall está sob ameaça. Amaldiçoado por uma poderosa feiticeira, o príncipe Rhen foi condenado a repetir seu aniversário de dezoito anos por sucessivos outonos. E, com a chegada desta estação, ele se transforma num monstro que destrói tudo e todos que cruzam seu caminho. A maldição só será quebrada se uma garota se apaixonar por ele. 
A vida de Harper nunca foi fácil. A garota nasceu com uma restrição de movimento causada por uma paralisia cerebral. O pai da jovem abandonou a família há muito tempo, e sua mãe está morrendo. Além disso, seu irmão assumiu as dívidas do pai e está envolvido com gente barra-pesada. Porém, um dia, ela tenta salvar uma desconhecida nas ruas de Washington DC e é atraída para um reino encantado. 
Harper não sabe onde está ou em que acreditar. Um príncipe? Uma maldição? Um monstro? Mas, quanto mais ela convive com Rhen nessa terra amaldiçoada, mais ela compreende o que está em jogo. Ao mesmo tempo, o príncipe percebe que Harper não é só mais uma garota – ela é sua única esperança. Entretanto, forças poderosas se erguem contra Emberfall e será necessário mais do que uma maldição quebrada para salvar Harper, Rhen e seu povo da ruína total.

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<

"Tem sangue debaixo das minhas unhas." 

RESENHA<<<

E começamos mais uma série aqui no blog. Esta história tem um quê de conto de fadas, mas levando a personagem a ter uma pegada mais forte do que o simples “o príncipe veio me salvar”, confesso não ter me empolgado com a história, achei alguns personagens e até mesmo como a história se desenrola meio cansativa, mas cheguei ao final.   

Os personagens não me cativaram, o trio principal Harper, Grey e Rhen; têm seus momentos, mas eles não se sustentam em todo o desenrolar da história e em algumas situações passa a ser repetitivo e chato. Principalmente, porque como você deve imaginar temos uma mini tendência à “triângulo amoroso” e sinceramente, NADA A VER com o que a autora quis passar.    

Outro ponto que me perdeu foi a enrolação, as coisas demoravam para chegar aonde tinham de ir e quando a gente tinha a resposta (ou parte dela), fiquei com aquela sensação de “Tu me enrolou horrores para apresentar isso?”. As explicações são ok e dentro da história fazem um certo sentido, mas pela enrolação você acaba esperando mais.    

Apesar de ser uma série (já sabia quando comecei a ler), mas o gancho para um próximo livro foi meio confuso, e a pergunta que fica é: será uma nova história com novos personagens/situações dentro desse mundo como aconteceu em outras sagas ou vamos continuar de onde parou e a coisa vai ser mais interessante?   

Eu não li a série “A Corte de Espinhos”, mas muitos notaram semelhança, deve ser porque tudo é uma releitura de “A Bela e a Fera”. Não sei se quero continuar na saga, vou ver quando sair o próximo livro se vai me empolgar ou não. 

Para comprar:

Sombria e Solitária Maldição

Share:

0 comentários