BOOKS || A Ascensão das Sombras (Robert Jordan)

Autor: Robert Jordan
Tradutor: Mariana Vollmer
Editora: Intrínseca
Série: Sim, livro 4 (série A Roda do Tempo)
Temas: Aventura, Magia, Fantasia
Os lacres de Shayol Ghul enfraquecem, e o Tenebroso avança. A sombra se ergue para encobrir definitivamente a humanidade. Em Tar Valon, Min tem visões de um destino terrível. Será o fim da Torre Branca? Em Dois Rios, os Mantos-brancos caçam o homem de olhos dourados e o Dragão Renascido. Em Cantorin, junto ao povo do mar, A Grã-lady Suroth vislumbra o retorno dos exércitos Seanchan ao continente. Enquanto na Pedra de Tear, o Lorde Dragão planeja seu próximo passo e ninguém será capaz de prevê-lo. Nem a Ajah Negra, os nobres tairenos ou as Aes Sedai, nem mesmo Egwene, Elayne e Nynaeve. Declarado o escolhido da antiga profecia, Rand al'Thor, o Dragão Renascido, precisa seguir em frente e cumprir seu destino: proteger o mundo do retorno do Tenebroso.
Em A Ascensão da Sombra, Jordan imprime ainda mais suspense à série trazendo uma ameaça até então desconhecida à cidade de Tar Valon, lar das poderosas Aes Sedai. Mergulhados no perigo constante representado pelos Mantos-brancos, os Amigos das Trevas e os Trollocs, entre outros inimigos mortais, ninguém está seguro de qual rumo seguir. Movimentos profundos e inesperados que fazem de A Roda do Tempo uma das mais extraordinárias séries já escritas.
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
"A Roda do Tempo gira, e as Eras vêm e vão, deixando memórias que se transformam em lendas."

RESENHA<<<
E a gente continua firme e forte nos milhares de sagas que existem nesse universo gigantesco dos livros. Então, se você, como eu, ficou perdido ou se esqueceu de algo dos livros anteriores, clique:

O problema de séries enormes e quando a gente fica muito tempo sem ler, ficamos perdidos com algumas coisas, detalhes e confesso que foi bom deixar um pouco de lado essa série e voltar algum tempo depois (quase 4 anos). Acho que estava pegando muita birra com a série (como vi nas minhas resenhas anteriores).

Os livros continuam cansativos, adoro o universo criado pelo autor, mas realmente me pergunto se precisamos de quase mil páginas em casa história, tem muita enrolação. Não diria que metade poderia sair, mas uns 25%, isso com certeza.

Continuo achando as gurias chatas. Elas tem lá sua participação, mas o tal Dragão e quem mexe no Padrão (como é dito na série), não são elas e é uma querendo aparecer mais do que a outra, a antiga sabedoria da vila, Nynaeve, eita guria chata de galocha, só acho que ela poderia entrar em um mundo paralelo e ficar uns 3 livros por lá.

Já na parte dos meninos, temos muita ação, explicações (com enrolação também), mas para mim fica claro onde a história avança e podemos perceber o enredo que o autor quis criar. São camadas e camadas de informações que são apresentadas a conta gotas para nós.


No Brasil já foi lançado até o livro 6 e eu vou continuar devagar e sempre nessa série. Apesar de gostar da ideia geral, as vezes ela se torna cansativa e/ ou me impede de ler outras coisas, mas mesmo que role grandes hiatos, estarei seguindo nela e tentando descobrir como será a luta contra o Tenebroso. 

Share:

2 comentários

  1. Oi, Andy.
    Com raras exceções, não tenho muita paciência para séries gigantescas. As únicas que eu realmente me animo a ler são as policiais, que cada livro tem um caso diferente, mas formam uma série por terem o mesmo investigador... Rs...
    Por mais elogios que eu tenha lido sobre essa série, não me animo a ler não... Ainda mais agora que vi que você achou cansativo em muitos momentos!! Rs..
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm não tenho, gosto da ideia geral da série, mas são quase 1000 páginas cada livro e é cansativo, acho que vou ler assim, 1 livro por ano...rs

      Excluir