BOOKS || Aru Shah e o Fim dos Tempos (Roshani Chokshi)

Autor: Roshani Chokshi
Tradutor: Índigo
Editora: Plataforma 21
Série: Sim, livro 1 (série Pândava)
Temas: Mitologia, Infantojuvenil, Ação, Aventura
Aru Shah é uma garota cheia de imaginação e, para se sentir aceita na escola, sempre aumenta a verdade. Ter um elefante de estimação, ser da realeza, fazer viagens imaginárias a Paris, ter um chofer... Bem, as mentiras que conta não são poucas, mas Aru tem lá suas razões.
Nestas férias, por exemplo, enquanto os outros alunos estarão viajando para lugares super exóticos em suas casas chiques de veraneio, ela terá que ficar plantada no Museu Arqueológico de Arte e Cultura Indiana, onde sua mãe trabalha.
Um dia, três colegas resolvem aparecer no museu para pegá-la em uma de suas mentiras. E eles não acreditam de jeito nenhum que a Lâmpada de Bharata realmente seja amaldiçoada. Apenas uma acendida rápida, Aru pensa, contrariando as regras do lugar. Daí, nada de mentir novamente na escola...
Entretanto, acender a lâmpada traz consequências catastróficas. Sem querer, Aru Shah liberta Sono, um demônio ancestral cujo objetivo é despertar o Deus da Destruição. Além disso, sua mãe e seus colegas ficaram congelados no tempo.
Agora, Aru deve dar um jeito em toda essa bagunça, e a única forma de impedir Sono é encontrando as reencarnações dos lendários irmãos Pândava numa jornada pelo Reino da Morte. Mas como uma garota usando seu pijama do Homem-Aranha será capaz de enfrentar tudo isso?
Aru Shah e o fim dos tempos é o primeiro volume da Saga Pândava, série de estreia do selo Rick Riordan Apresenta. 
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“O problema de crescer cercada por coisas extremamente perigosas é que depois de um tempo você se acostuma com elas.”

RESENHA<<< 
Uma autora que literalmente bebeu da fonte de Rick Riordan (para conhecer os livros dele já resenhados no blog, clique aqui), porém colocou a mitologia hindu em alta e mudou a idade de seus personagens, mas os detalhes, o jeito de narrar e o desenrolar das aventuras foram inspirados no autor.

Ultimamente nada se cria e tudo se copia, ou melhor, pegamos referencias e seguíamos adiante, mas aqui, a história acabou não me empolgando muito e esse ‘copia e cola’ me irritou algumas vezes. Eu mesmo já disse que até nas histórias do Riordan, a linha que ele segue anda se repetindo demais e com isso a gente já sabe o que esperar ou onde as reviravoltas surgirão. Com um autor novo que bebe da fonte, as coisas foram bem parecidas e muitas vezes eu fiquei na dúvida de quem estava escrevendo.

Dois pontos me irritaram muito na história; a protagonista ser ‘fodona’ e espertinha, para tudo ela tinha uma resposta, sempre tudo dava certo para ela e para alguém inserido na mitologia hindu, ela conhecia tão pouco. Sendo sincera, Aru me irritou em boa parte do livro.

O outro ponto foi a narrativa, foi bem chata e cansativa. A autora quis se focar nas peripécias e grandes sabedorias de Aru e não conseguiu fazer sua história fluir, faltou uma certa conexão e empolgação para acompanhar suas aventuras. Ela aprece demais em relação à outros personagens (que também são importantes e as vezes sabem bem mais que ela e fazem a história andar).

Uma coisa que curti foi a mitologia hindu, ela é rica, diferente e cheia de variedades e ao mesmo tempo difícil de conseguir tantas informações, mas a autora não tirou tanto proveito disso, achei que ela explorou pouco, não que ela deveria ter se aprofundado, mas infelizmente, ela está contando algo que boa parte do mundo não conhece e na maioria das vezes nem na escola aprendemos algo. Ela poderia tirar um tempinho falando da protagonista e trabalhado um pouco mais nos deuses ou na parte que ela quis destacar para sua aventura.


Bem, é uma série. E como toda boa série, apenas alguns personagens foram apresentados, bem como poucos deuses, torço para os próximos serem mais interessantes e dinâmicos, pois é uma mitologia que gostaria de conhecer um pouco mais.

Share:

1 comentários

  1. Oi, Andy.
    Quando soube desse "projeto" do Rick Riordan de apresentar novos autores e dar a eles o seu "selo", fiquei super animada! Nem acreditei quando soube que a Rocco já ia publicar esse primeiro deles aqui!! Está na minha lista de desejados para a black friday!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir