BOOKS || Um Acordo e Nada Mais (Mary Balogh)

Autor: Mary Balogh
Tradutor: Lívia Almeida
Editora: Arqueiro
Série: Sim, livro 2 (série Clube dos Sobreviventes)
Temas: Romance de Época,
Embora Vincent, o visconde Darleigh, tenha ficado cego no campo de batalha, está farto da interferência da mãe e das irmãs em sua vida. Por isso, quando elas o pressionam a se casar e, sem consultá-lo, lhe arranjam uma candidata a noiva, ele se sente vítima de uma emboscada e foge para o campo com a ajuda de seu criado.
No entanto, logo se vê vítima de outra armadilha conjugal. Por sorte, é salvo por uma jovem desconhecida. Quando a Srta. Sophia Fry intervém em nome dele e é expulsa de casa pelos tios sem um tostão para viver, Vincent é obrigado a agir. Ele pode estar cego, mas consegue ver uma solução para os dois problemas: casamento.
Aos poucos, a amizade e o companheirismo dos dois dão lugar a uma doce sedução, e o que era apenas um acordo frio se transforma em um fogo capaz de consumi-los.
No segundo volume da série Clube dos Sobreviventes, você vai descobrir se um casamento nascido do desespero pode levar duas pessoas a encontrarem o amor de sua vida.
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Quando ficou claro para Vincent Hunt, o visconde de Darleigh, que, se permanecesse em casa até a primavera, com certeza estaria noivo ou mesmo casado antes da chegada do verão, ele fugiu.”

RESENHA<<< 
Para conhecer os venenos do anterior, clique aqui:
Livro 1 - Uma Proposta e Nada Mais

Foi maravilhoso voltar a esse universo e rever personagens que se tornaram velhos conhecidos meus. Adorei o primeiro volume e foi eu que insistentemente indiquei para a Ka, apesar de não ser o estilo que ela costuma ler. E quando vi ela passando com esse livro na mão, catei e disse que eu leria primeiro! Rs.

Voltemos a história.
Neste novo livro temos Vincent ou Visconde Darleigh, ele ficou cego em campo de batalha, ainda assim se mostra imponente e viril. Ainda que tenha sofrido tamanho trauma, ele é forte e não se permitiu abater por sua condição. Em contrapartida temos Sophia Fry, também conhecida por ratinha, uma forma nada carinhosa, ne verdade maneira pejorativa que ela mesma se impõe. Ela ficou órfã e com isso foi viver com uma tia que faleceu e depois ficou sob a tutela de outra que não é uma boa tia. É uma mulher desagradável.

O forte da nossa história vem, quando Vincent e vê sem saída, pressionado por sua família a encontrar uma esposa, pois a princípio sua mãe e irmãs arranjam um casamento com uma completa desconhecida, com isso ele se afasta, indo então para o campo, para esclarecer suas ideias e fazer com que sua família desista dessa ideia louca. Mas é claro que as coisas não saem como ele imagina, quando ele chega ao seu destino a tia de Sophia já tem tudo engatilhado para unir ele a sua filha e aí entra Sophia que se interessa por ele de imediato e procura ajudá-lo nessa sinuca de bico. E claro que isso vai dar muita treta. Afinal, Sophia está intervindo nos assuntos de sua nada querida tia, "prejudicando" o futuro de sua filha Henrietta, mas sério, ninguém merece essa prima nojenta. Vincent merece muito mais. Merece Sophia, é claro! Aqui exponho minha total torcida para o casal.

Por conta disso tudo Sophia é posta para fora de casa, com poucas coisas em posse e dinheiro para ir para Londres. E aí Vincent sentindo-se culpado por Sophia ter tentado lhe ajudar e a situação em que ela se encontra, ele lhe propõe um acordo "prático", ambos se casam, resolve-se a situação de Sophia e sua família sai feliz. Mas claro que não é por aí. Nunca é! 

O enredo é completo e muito interessante, eu me senti totalmente presa e amo esse tipo de leitura. Amo a escrita de Mary Balogh e estou cada vez mais apaixonada por esses romances históricos.

Quem é Dani Silva?!
Eu sou a Dani, colaboradora do Além das Páginas, tenho 34 anos e adoro leitura fantástica e romance. Sou apaixonada por bichos de pelúcia e meu noivo fica louco quando entra no meu quarto e vê um novo bichinho. Sempre que posso, mergulho em novas aventuras e romances de mulherzinha que me fazem chorar e rir. 

Share:

1 comentários

  1. Eu amei esse livro.
    Adoro romances de época e achei essa história original e deliciosa de acompanhar!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir