BOOKS || Literalmente (Lucy Keating)


Autor: Lucy Keating
Tradutor: Alice Klesck
Editora: Globo Alt
Série: Não
Temas: Jovem-Adulto, Relacionamento, Romance,
E SE A VIDA PERFEITA JÁ ESTIVESSE ESCRITA PARA VOCÊ?
Annabelle leva uma vida perfeitamente sob controle. Ela tem amigos, segue sua rotina à risca, está prestes a se formar e mora com os pais e o irmão mais velho em uma casa que ama.
Mas as coisas começam a fugir do controle quando Lucy Keating, autora best-seller de livros juvenis, vai à sua escola falar sobre seu novo romance e, curiosamente, passa a descrever a vida de Annabelle.
Logo fica claro que Annabelle é a mais nova protagonista da história de Lucy e, de súbito, o relacionamento de seus pais não parece mais tão perfeito, a casa que tanto ama corre sérios riscos de ser vendida, Will — um aluno transferido que parece literalmente feito para ela — não é mais tão interessante e Elliot, o melhor amigo de seu irmão, passa a ser algo mais que apenas um coadjuvante em sua história.
Lucy Keating pode ter um plano para ela. Mas Annabelle está disposta a escrever sua própria história.  
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“São três horas e dois minutos de uma tarde de domingo, e eu deveria estar limpando meu quarto.”

RESENHA<<<
Esse é um daqueles livros curtinhos que é bom para nos livrarmos da sensação de que não conseguimos ler mais nada depois de algo bombástico. O livro é bem curtinho (apenas 203 páginas), mas sua escrita simples e seu texto leve nos leva a seguir pelas páginas, mesmo achando que tem muita coisa repetida num livro tão fino.

Nossa protagonista que é perfeitinha e segue uma vida planificada começa a surtar quando descobre que uma autora está literalmente escrevendo sobre a sua vida e daí surge alguns momentos engraçados, onde ela começa a buscar modificar as coisas para que a protagonista do livro não dite sua vida e suas escolhas.

Não vou entrar no mérito de como a autora estava na história ou como a menina ‘real’ poderia modificar coisas que já estavam escritas, essa parte ficou confusa/mal explicada, tipo a autora do livro seguia Annabelle e criava sua história a partir do que ela estava vendo? E claro, o triângulo amoroso estava lá e os dilemas de sempre, fiquei meio triste com isso. Parece que tudo precisa girar em torno de homem.

A história levanta pontos interessantes, mas infelizmente a autora não pensou em explorá-los, o que poderia ser ótimo e trazer muitas coisas legais para a vida da protagonista e até mesmo mostrar que mesmo quando a gente planifica tudo, as vezes dá ruim.

Mas de maneira geral, é um livro leve, divertido, com os clichês de sempre, feito para ler quando você precisa ser distraído ou quem sabe está no meio do transporte e pelo livro ser fininho, é uma leitura rápida.

Share:

1 comentários

  1. Oi, Andy.
    O livro até parece bacana, mas ainda prefiro um bom romance romantico para curar minhas ressacas literárias!! Rs... Não sei se me animei muito... Acho que ia ficar meio incomodada com essas explicações meio confusas...
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir