BOOKS || A Guardiã dos Vazios (Victoria Schwab)


Autor: Victoria Schwab
Tradutor: Daniel Estill
Editora: Bertrand
Série: Sim, livro 2 (série O Arquivo)
Temas: Jovem-Adulto, Sobrenatural,
Um mundo rico e criativo, repleto de segredos e escolhas difíceis, em que amor e perda parecem ser duas faces da mesma moeda. O segundo livro da série A Guardiã de Histórias Mackenzie Bishop é uma das Guardiãs do Arquivo, um domínio secreto onde descansam as Histórias dos mortos ― registros de sua vida armazenados em corpos. Se uma História desperta, ela pode enlouquecer e tentar fugir ― e cabe a Mac garantir que cada uma seja devolvida à sua prateleira. No entanto, Mackenzie não se sente mais tão apta para o trabalho. Os acontecimentos do verão passado a assombram, e, quando os pesadelos que a perseguem começam a se insinuar mesmo durante o dia, ela sabe que algo está errado. Estaria lentamente perdendo a sanidade ou será que algo ainda mais sinistro a está perseguindo? Enquanto isso, pessoas começam a desaparecer sem deixar vestígios, e, quando Mackenzie acaba tornando-se a principal suspeita, ela se vê na obrigação de descobrir o verdadeiro culpado. Caso contrário, ela corre o risco de perder tudo ― seu papel de Guardiã, suas memórias… e até sua vida.
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Meu corpo implora por sono.”

RESENHA<<<
Depois de tanto tempo (eu nem achei que iria sair um livro 2), temos uma continuação de uma série que amei o conceito, mas nessa continuação, que eu esperava muito mais, ficou um cadinho a desejar.
Para saber mais informações do livro anterior, clique:

Confesso ter sido difícil de lembrar dos nuances do livro 1, afinal, temos um gap de quase 2 anos de história e muita coisa já passou por mim, tinha em mente as informações gerais, mas demorei para engrenar os acontecimentos finais do livro anterior e como ele se desenrolou nessa continuação.

Fiquei bem perdida.

Não sei se esperava algo mais emocionante e dramático como antes, descobrir uma nova conspiração ou algo mais elaborado, a verdade é que a história foi arrastada, bem melodramática e digo isso como algo ruim, um bom potencial perdido.

O grande problema foi em relação ao ‘vilão’ e como as coisas foram solucionadas e como as informações chegavam, pareceu uma ‘preguiça’ de elaborar a história e nos fazer crer que aquilo era real, tive a sensação de respostas jogadas e muito fáceis de acontecer, fácil demais, estalou os dedos e pronto, ‘tá feito’.

Não sei como será o próximo livro e se terei vontade de ler, só desejo que não leve tanto tempo para chegar como aconteceu com esse e a que a autora possa nos surpreender com coisas bacanas, pois essa história tem potencial.

Share:

2 comentários

  1. Oi, Andy.
    Fico muito chateada quando uma continuação demora para sair. Primeiro a gente fica com aquela sensação de abandono, sem saber se vai ter continuação ou não. Depois que a continuação sai, a gente não lembra mais o que aconteceu e demora para se situar... Isso quando não perdeu o pique e às vezes nem quer dar mais sequência na história!!
    Uma pena que esse segundo livro tenha demorado!!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc falou tudo, demorou horrores e mta coisa eu não lembrava e tive de puxar pela memória...muito chato =/

      Excluir