BOOKS || Uma Casa No Fundo de Um Lago (Josh Malerman)

Autor: Josh Malermann
Tradutor: Fabiana Colasanti
Editora: Intrínseca
Série: Não
Temas: Fantasia, Ficção, Jovem-Adulto
O novo livro do autor do best-seller Caixa de Pássaros.
James e Amélia têm dezessete anos. Em comum, além da idade, têm o fato de estarem um a fim do outro e de serem tomados pelo nervosismo quando James chama Amélia para sair. Mas tudo parece perfeito para um primeiro encontro: um passeio de canoa pelos lagos, levando um cooler cheio de sanduíches e cervejas.
À medida que se aprofundam na exploração, os dois chegam a um lago escondido e encontram algo impressionante debaixo d'água. Um lugar perigosamente mágico: uma casa de dois andares com tudo que tem direito — móveis, um jardim, uma piscina e uma porta da frente, que está aberta.
Enquanto, fascinados, vasculham o imóvel e tentam passar uma boa impressão para o outro, cresce o medo. Será que um local misterioso como aquele esconde alguém — ou algo — vivo? Uma coisa é certa: depois de mergulhar nos mistérios da casa no fundo do lago, a vida deles jamais voltará a ser a mesma.
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
"É o melhor primeiro encontro de que já ouvi falar."

RESENHA<<<
Tudo bem pessoas? Então... Que livro esquisito!
A Editora classificou ou sei lá quem o gênero do livro como: Fantasia; Ficção; Horror; Jovem-adulto; Literatura Estrangeira; e sinceramente eu discordo absolutamente e classificaria como romance. Pois ler um livro esperando terror (seja literalmente ou psicologicamente) e fantasia e encontrar romance e anseios sobre "a primeira vez", "o primeiro amor" e afins, foi realmente nada a ver com a "pegada" esperada. O livro é ruim? Não! A escrita do autor é envolvente. Mas dessa vez não "colou" a tentativa de transformar esse enredo em algo que não combina com o desenrolar e a finalização.

A história nos traz muitas metáforas, mas só percebemos isso quando concluímos a leitura. Pois durante um longo período, vamos vivenciando junto dos personagens o desenrolar de um primeiro encontro, James e Amelia se apaixonando e juntos compartilhando um segredo muito impressionante, que é uma casa no fundo de um lago que desafia as leis da física e da lógica. Uma casa com tudo que tem direito dentro e perfeito, nada fora do lugar ou boiando.

É como entrar em uma casa normal, só que essa está submersa, o que intriga os protagonistas e a nós, leitores. A todo instante ficamos esperando por aquele momento em que um ser sobrenatural irá surgir das profundezas do lago, ou mesmo que algum dos personagens esteja delirando ou seja insano. Eu realmente imaginei mil e uma coisas. Para no fim entender que não se trata de fantasia ou história que tenha terror. O "terror" ali, são os anseios do primeiro encontro, primeiro amor, primeiras impressões, presente, futuro, escolhas, perda da virgindade e afins.

Como eu disse, a história é muito envolvente, e foi lida em uma "sentada", mas não me convenceu no sentido que foi vendido. Terror, seja literal ou psicológico, é outra coisa e disso entendo, pois leio muito gêneros assim. E esse livro nem sequer chega perto de aterrorizar alguém de verdade; ele faz "sugestões" desde a sua sinopse o que nos induz a pensar algo e no fim é um romance, simples assim.

Não achei ruim. Mas me decepcionei sim; pois esperei outro tipo de história.
Com esse livro, pude renovar minhas impressões sobre decifrar metáforas. rsrs

Share:

2 comentários

  1. Oi, Karini.
    Estou com esse livro aqui na minha lista de leituras e já li as mais diversas opiniões sobre ele. Mesmo que você tenha ficado decepcionada, estou super curiosa para conhecer essa história que está dividindo os leitores!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ninguém merece ficar decepcionado com leitura, a sinopse não me empolgou, mas gostei da capa ;)

      Excluir