BOOKS || A Heroína da Alvorada (Alwyn Hamilton)


Tradutor: Eric Novello
Editora: Seguinte Universo dos livros
Série: Sim, livro 3 (série A Rebelde do Deserto)
Temas: Jovem-Adulto, Ação, Aventura, Sobrenatural
No último volume da trilogia A Rebelde do Deserto, Amani vai se deparar com a escolha mais difícil que já teve que fazer: entre si mesma e seu país.
Quando a atiradora Amani Al-Hiza escapou da cidadezinha em que morava, jamais imaginava se envolver numa rebelião, muito menos ter de comandá-la. Depois que o cruel sultão de Miraji capturou as principais lideranças da revolta, a garota se vê obrigada a tomar as rédeas da situação e seguir até Eremot, uma cidade que não existe em nenhum mapa, apenas nas lendas — e onde seus amigos estariam aprisionados.
Armada com sua pistola, sua inteligência e seus poderes, ela vai atravessar as areias impiedosas para concluir essa missão de resgate, acompanhada do que restou da rebelião. Enquanto assiste àqueles que ama perderem a vida para soldados inimigos e criaturas do deserto, Amani se pergunta se pode ser a líder de que precisam ou se está conduzindo todos para a morte certa.
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Acordei de um sono tomado por pesadelos ao ouvir o som do meu nome.”

RESENHA<<<
Como faz para voltar no tempo e continuar uma leitura? Confesso que fiquei bem chateada por ter chegado ao fim da série ‘A Rebelde do Deserto’ e com uma dorzinha no coração, mas tudo que é bom dura pouco e essa série delicinha chegou ao fim.

Para conhecer os livros anteriores, clique:

Falar dessa série é ter palavras bacanas como: uma história intensa e bem escrita, mas ao mesmo tempo nos fala sobre escolhas, mudanças, futuro (que podemos fazer para mudar e o que esperar dele) e saber que nada vai cair do céu. E depois de tantas reviravoltas, ótimos personagens, algumas perdas (muitas), a autora nos traz personagens de garra, mas que são humanos e comentem erros.

O romance foi na medida certa e isso para mim acabou fazendo com que eu desejasse mais, acho que este é o ingrediente perfeito quando se tem romance, deixa ele meio subentendido e você fica se pergunta quando de fato vai ter mais informações, mas lembro, o livro não é sobre romance e sim sobre a luta para salvar uma cidade/país de um tirano.

Falando de tirano, no final ela fez uma espécie de passeio pelo futuro, onde ela mostra algumas consequências e resultados da revolução deles, quem subiu ao trono depois e como foi. Inclusive mostrando bons e maus governantes, as vezes o povo esquece do passado e como teve que lutar para conquistar algo e de repente, puff, as coisas voltam ao que era.

Foi um livro com uma narrativa muito boa, com um bom plano de fundo, nem sempre tivemos ótimos momentos, mas percebia-se personagens verdadeiros, se dariam a vida pelo que acreditam, se isso tiver a chance de mudar. E a parte do sobrenatural também foi bem interessante e bem conectada, os desejos, as relações, os porquês de algumas situações.

Me despeço dessa série com dorzinha no coração, mas com a certeza que foi um bom momento para encerrar, talvez se tivesse mais, poderia ter se perdido ou deixado os personagens meio sem pé nem cabeça como acontece por aí, para quem curtiu os anteriores, precisa saber do final e para quem curte sobrenatural e um pouco de revolução, fica a dica.

Share:

1 comentários

  1. Oi, Andy.
    Estou maluca para ler esse livro, mas os correios por aqui estão o caos e acho que ainda vai demorar para eu receber meu exemplar da editora.
    Pelo menos fiquei feliz em saber que é um bom final!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir