BOOKS || Histórias Extraordinárias (Edgar Allan Poe)

Autor: Edgar Allan Poe
Tradutor: José Paulo Paes
Editora: Cia das LetrasUniverso dos livros
Série: Não
Temas: Fantasia, Ficção, Contos, Suspense, Mistério
A edição ilustrada inclui textos de Charles Baudelaire, Jorge Luis Borges e Julio Cortázar, que reverenciam o estilo hipnotizante do escritor mais sombrio de todos os tempos.
Histórias extraordinárias reúne dezoito contos assombrosos de Edgar Allan Poe, com seleção, apresentação e tradução do poeta José Paulo Paes. Este livro traz, entre outras obras-primas do mestre do suspense e do mistério, “A carta roubada”, “O gato preto”, “O escaravelho de ouro”, “O poço e o pêndulo” e “O homem da multidão”.
O caráter macabro das histórias, dotadas de profundidade psicológica e imersas em uma atmosfera eletrizante, continua a conquistar novos leitores e a afirmar sua condição de clássico. Nas palavras de Paes, “Poe sempre consegue […] provocar-nos aquele arrepio de morte ou aquela impressão de vida que, em literatura, constituem o melhor, senão o único, passaporte para a imortalidade”.
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Na evolução das letras norte-americanas, Edgard Allan Poe ocupa um lugar à parte.”

RESENHA<<<
Allan Poe é o cara! Ele tem histórias fantásticas, com uma escrita envolvente e não deixa de ser considerado um dos grandes nomes da literatura. Quando vi esse lançamento fiquei alucinada por ele e muito contente quando pude ter o exemplar em mãos para leitura. O livro é em capa dura, letras de capa douradas, caveiras na parte interna e papel pólen e uma diagramação encantadora. Tudo que qualquer leitor apaixonado ama!

Bom o livro e composto por contos incríveis e macabros, alguns contos me apaixonei mais que outros; mas cada um teve seu charme. Os que mais curti foram Ligeia e A Máscara da Morte Rubra. Esses são especialmente maravilhosos. O autor tem a pegada psicológica que mexe com o leitor do começo ao fim, o teor psicológico está presente à todo instante e não conseguimos largar nenhum conto pela metade, é aquela agonia boa de querer saber o que vai acontecer, como o autor irá conduzir a situação.

Ligeia é um conto mega interessante que retrata de maneiras profundas sensações e sentimentos como amor, perda, loucura, obsessão, confusão e muitas vezes não temos como definir onde está a loucura, realidade (dos fatos da vida dos personagens) e se tem algo pior como "monstros". Por se tratar de sentimentos tão palpáveis como amor e até a obsessão que muitas pessoas têm e confundem amor com paixão doentia e afins é que essa história me chamou tanta atenção. Eu não conhecia, foi a primeira vez que li o conto.

A máscara da morte rubro traz um encantamento que eu amo, temos um príncipe e quem me conhece sabe que amo esses temas com realeza e afins. Então, esse conto poderia ter muitas páginas, pois ele é fantástico. O príncipe precise se isolar no palácio para manter-se seguro de uma situação que coloca toda população do reino em perigo iminente, em seu palácio apenas os mais nobres e pessoas escolhidas a dedo para manter-se seguro com o príncipe, porém durante um baile de máscaras o inesperado acontece e aí é desesperador estar lendo. A adrenalina toma conta do leitor na hora!

O que posso dizer é que além de amar o mestre King eu não teria como não amar Poe que é simplesmente um dos melhores no quesito terror psicológico com suas histórias perturbadoras e que dá arrepios e calafrios.

Leiam!

Share:

0 comentários