BOOKS || Fraude Legítima (E. Lockhart)

Autor: E. Lochart
Tradutor: Flávia Souto Maior
Editora: Seguinte
Série: Não
Temas: Jovem-Adulto, Suspense, Mistério, Comportamento
Jule West Williams é uma garota capaz de se adaptar a qualquer lugar ou situação. Imogen Sokoloff é uma herdeira milionária fugindo de suas responsabilidades. Além do fato de serem órfãs, as duas garotas têm pouco em comum, mas isso não as impede de desenvolver uma amizade intensa quando se reencontram anos depois de terem se conhecido no colégio. Elas passam os dias em meio a luxo e privilégios, até que uma série de eventos estranhos começa a tomar curso, culminando no trágico suicídio de Imogen e forçando Jule a descobrir como viver sem sua melhor amiga. Mas, talvez, as histórias das duas garotas tenham se unido de maneira inexorável — e seja tarde demais para voltar atrás.
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Era um hotel excelente.”

RESENHA<<<
‘Fraude Legítima’ é um drama psicológico muito bem desenvolvido, onde temos uma protagonista que é altamente cativante ao mesmo tempo em que é indecifrável.

Jule West Willians é uma jovem que está no início dos vinte anos, que está sempre se renovando, alterando seu “eu”. Inicialmente ela está hospedada no México, com outra identidade, aproveitando o momento quando percebe que tem alguém em seu encalço. A partir daí ocorre uma fuga hollywoodiana, repleta de revelações e pequenas pistas sobre quem realmente é Jule.

"Quero me sentir em casa em algum lugar e quero fugir. 
Quero estar conectada e quero afastar as pessoas. 
Quero estar apaixonada e escolho caras dos quais nem sei se gosto tanto. 
Ou os amo e estrago tudo, talvez de propósito. 
Nem sei o que é. Quão maluca eu sou?"

O livro tem um ar de “O talentoso Ripley”, com uma protagonista que é um verdadeiro camaleão. Para deixar a história ainda mais dinâmica e eletrizante, a autora inverteu a ordem dos capítulos: o livro começa do final e vai para o começo.

Durante a leitura vamos observando a aproximação de Jule com Imogen Sokoloff, uma jovem rica, frívola e mimada que troca de amigos como quem troca de roupa. A dinâmica entre as duas é intensa, cheia de subterfúgios e sentimentos controversos.

A história é totalmente irresistível e deixará o leitor atento até chegar ao final do livro, ou melhor, ao seu início.

"Não tinha mais certeza de onde traçar a linha entre elas. 
Jule usava perfume de jasmin como Imogen, 
falava como Imogen, amava os livros que Imogen amava. 
Aquelas coisas eram verdadeiras. 
Jule era órfã como Immie, uma pessoa que se inventou sozinha, 
com um passado misterioso. 
Havia tanto de Imogen em Jule, e tanto de Jule em Imogen." 



 

Share:

2 comentários

  1. wow! Já tinha me interessado pela sinopse, agora eu realmente preciso ler esse livro. Parece ser uma leitura bem interessante.

    ResponderExcluir
  2. Oi, Karini.
    Estou curiosa para ler esse livro, por causa da estrutura peculiar!
    Quem sabe gosto mais desse do que dos outros livros da autora?!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir