BOOKS || Além da Magia (Tahereh Mafi)

Autor: Taheref Mafi
Tradutor: Mauricio Tamboni
Editora: Universo dos Livros
Série: Não
Temas: Infantojuvenil, Comportamento, Ação, Aventura
Há apenas três coisas importantes para Alice Alexis Queensmeadow, de 12 anos: sua mãe, que não sentiria sua falta; magia e cor, os quais parem escapar dela; e seu pai, que sempre a amou. No dia em que seu pai desapareceu de Ferenwood, ele levava consigo apenas uma régua. Já se passaram quase três anos e Alice está determinada a encontrá-lo. Ela o ama tanto quanto ama aventura, e está prestes a embarcar em um para encontrar o outro.
No entanto, trazer seu pai para casa não será tão fácil. Alice precisa viajar através da mística e perigosa Terra de Furthermore; onde para baixo pode ser para cima, papel está vivo e esquerda pode ser direita. Sua única companhia é um garoto chamado Oliver, cuja habilidade mágica é mentir e enganar – e com um mentiroso em uma terra onde nada é o que parece ser, requisitará de Alice toda sua concentração para encontrar seu pai e conseguir voltar para casa sã e salva. Em sua jornada, Alice precisa se encontrar- e se agarrar à magia do amor diante da perda. 
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Em algum lugar do tempo, uma menina nasceu.”

RESENHA<<<
A capa deste livro é uma graça, o trabalho feito pela Marina Ávila está incrível e merece um destaque aqui na resenha, confesso que queria ler o livro muito mais pela capa, do que pela história em si. Mas, não se enganem, apesar da capa aparentar ser um livro infantil, a história apresentada por Mafi é uma mistura entre o infantil e um jovem-adulto, apesar da pouca idade da protagonista.

O plot criado por Mafi foi algo bem diferente de tudo que já li, basear um mundo em cores e sua falta como algo ruim, foge totalmente do lugar-comum e ela foi muita esperta em seguir um caminho diferente depois da sua última série (clique aqui para conferir). Porém, o jeito que ela narrou me deixou um pouco confusa alguma vezes, chegando a ser um pouco cansativo.

A história se passa em Ferenwood, onde o povo adora cores e com um pouco de magia e a vida em abundância, porém, nossa pequena protagonista é toda branca, logo, aos olhos de toda a cidade ela é alguém sem cor e isso a fez se sentir muitas vezes rejeitada/estranha, principalmente pela sua mãe, após seu pai sumir misteriosamente.

As aventuras e o mundo mágico são uma graça, mas a interação que a autora as vezes faz com o leitor e o jeito como algumas situações foram narradas, deixam a história confusa. A ideia não segue algo linearmente, há misturas de uma forma poética de narrar e temos Mafi como nossa narradora ao longo do caminho e nos antecipando algumas coisas que os personagens só irão entender/ver mais para frente.


Apesar de ficar um pouco confusa na narração, a história é boa, instigante e de certa forma criativa, traz uma linda mensagem e vale sua leitura, mesmo que isso signifique que você leia mais devagar do que de costume. Apesar de uma certa simplicidade, ele nos faz aceitar as coisas ao nosso entorno e principalmente à nós mesmos, como sendo perfeitos e especiais exatamente do jeito que somos. 

Share:

1 comentários

  1. Oi, Andy.
    Assim como você, fiquei apaixonada por essa capa!! Achei linda e só ela já foi o suficiente para eu querer o livro!! Rs... Gostei bastante da ideia da trama e estou curiosa, mesmo sendo meio complicada! Rs...
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir