BOOKS || A Guerra do Rock (Robert Muchamore)

Autor: Robert Muchamore
Tradutor: Igor Leocardio
Editora: Rocco
Série: Sim, livro 1 (série Guerra do Rock)
Temas: Jovem-Adulto, Música, Comportamento
Doze bandas, três jovens, uma competição que pode mudar suas vidas para sempre. Ambientado no subúrbio de Londres, Guerra do rock é um romance original e emocionante sobre música, sonhos e a difícil passagem para a vida adulta, protagonizado por três jovens de personalidades e origens diferentes, cujos destinos se cruzam numa batalha de bandas. Jay toca guitarra e sempre sonhou em ser músico; Summer cuida da avó e tem uma voz maravilhosa; Dylan estuda numa escola de elite e não liga muito para nada, mas acaba obrigado a se juntar a uma banda por um de seus professores. Com referências musicais que vão de Led Zeppelin e Beatles a Metallica e Coldplay, entre muitas outras, o livro acompanha a trajetória dos três personagens ao longo do eletrizante reality show Guerra do rock, uma espécie de The Voice de bandas de rock, e aborda temas como relações familiares, drogas, delinquência juvenil, conflitos raciais e distúrbios psicológicos.
.>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“O palco é um imenso altar brilhando sob o luar do Texas.”

RESENHA<<<
‘Guerra do Rock’ é um livro que promete bastante, mas infelizmente não entregou tudo o que estava na sinopse. Quando li que tinha sido escrito pelo ROBERT, quis ler, pois seus outros livros me agradaram bastante e sua escrita tinha me cativado e me feito voltar a ser ‘criança’.

Acredito que o que tenha acontecido foi um excesso de coisas legais que misturadas e juntas não ficaram tão bacana assim. E olha que eu adoro livros que misturam música e jovens e o melhor ‘guerra de bandas’, não sei se vocês já viram filmes sobre (eu sei, clichê até dizer chega), mas é tão legalzinho e passa para aquelas leituras leve e relax. O que não aconteceu aqui.

A história foi estruturada de uma forma meio estranha e a interação e construção dos personagens deixou bastante a desejar. A história começa empolgante e nos adoçando a querer mais, mas por volta dos 25%, a coisa desandou total e ficou meio sem pé nem cabeça, e a partir daí o ritmo de leitura caiu e muito.

Apesar de termos muitos personagens e a maioria muito distante e diferente entre si, tem coisas conflitantes demais e relativamente chata, uma colcha de retalhos que no geral não funcionou e ficou a ver navios. O que aos poucos nos deixa sem ânimo e/ou prevendo o que virá nas próximas páginas e capítulos.


O grande lance do autor é que praticamente todas as suas histórias são séries e muitas vezes elas beiram os 4 a 5 livros fáceis. Não sei se tenho coragem/empolgação para passar para o próximo, depois de quase não ter conseguido finalizar este.

Share:

1 comentários

  1. Realmente pela sua resenha fiquei decepcionada, pois a sinopse promete uma leitura, envolvente e divertida, e me parece que o autor não soube desenvolver esta trama, já que houve excesso de coisas divertidas, que no final não fizeram sentido, personagens com personalidades diferentes, mas com muitos conflitos, o que acabou se desintegrando em si. Tinha altas expectativas em relação a abra, mas agora estou com certo receio.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir