BOOKS || Uma Tocha na Escuridão (Sabaa Tahir)

Autor: Sabaa Tahir
Tradutor: Jorge Ritter
Editora: Verus
Série: Sim, livro 2 (série Uma Chama Entre as Cinzas)
Temas: Jovem-Adulto, Reinos, Ficção
O segundo livro da história épica e eletrizante sobre liberdade, coragem e esperança. Ambientado em um mundo brutal inspirado na Roma Antiga, "Uma Chama Entre as Cinzas" contou a história de Laia, uma escrava lutando por sua família, e Elias, um soldado lutando pela liberdade. Agora, em "Uma Tocha Na Escuridão", ambos estão em fuga, lutando pela vida. Após os eventos da quarta Eliminatória, os soldados marciais saem à caça de Laia e Elias enquanto eles escapam de Serra e partem numa arriscada jornada pelo coração do Império. Laia está determinada a invadir Kauf, a prisão mais segura e perigosa do Império, para salvar seu irmão, cujo conhecimento do aço sérrico é a chave para o futuro dos Eruditos. E Elias está determinado a ficar ao lado dela - mesmo que isso signifique abrir mão da própria liberdade. Mas forças sombrias, tanto humanas quanto sobrenaturais, estão trabalhando contra eles. Elias e Laia terão de lutar a cada passo do caminho se quiserem derrotar seus inimigos: o sanguinário imperador Marcus, a cruel comandante, o sádico diretor de Kauf e, o mais doloroso de todos, Helene - a ex-melhor amiga de Elias e nova Águia de Sangue do Império. A missão de Helene é terrível, porém clara: encontrar o traidor Elias Veturius e a escrava erudita que o ajudou a escapar... e acabar com os dois. Mas como matar alguém que você ama desesperadamente?
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Como eles nos encontrara tão rápido?”

RESENHA<<<
Continuação da série ‘Uma Chama Entre as Cinzas’, para conhecer os venenos do anterior, clique:

Vou começar essa resenha com o mesmo pensamento que tive na anterior – eita história que gosta de enrolar. Entra página, sai página e você parece que não sai do lugar. A autora deixa sua história travada e de certa forma angustiante quando faz isso, e olha, que aqui ela fala de tanta coisa bacana, que poderia ter sido tão mais dinâmico e intenso.

Li o livro em pequenas doses, pois muitas vezes, algumas coisas eram por demais repetitivas ou davam a sensação de que não saímos do lugar. Senti falta de algo mais ágil, que pudesse fazer com que devorássemos as páginas. Tem bons momentos, coisas muito bem construídas, mas a sensação de enrolação continuou.

Senti uma evolução nos personagens, suas buscas e histórias começam a ser mostradas e isso foi importante, faltava mais disso no livro anterior, mas a dúvida ainda ficou na minha mente – quem realmente é o irmão da protagonista? Ele é falado, e muito, mas definitivamente ainda não mostrou a que veio, lembro que até agora – depois de 2 livros – a busca segue atrás deste personagem, então espero que seja A HISTÓRIA ou algo que pode fazer muitas reviravoltas.

Outro ponto bacana foi em relação ao protagonista masculino, a sua história que já era densa, veio sendo explicada e bem amarrada, nos contando detalhes de sua história e outras informações, com isso a gente consegue entender os demais personagens, vamos dizer os ‘vilões’. Coloco a palavra entre aspas, porque nem tudo que parece de fato é, mas essas informações só serão dadas no decorrer da história.

A quantidade de personagens aumentou e com isso a complexibilidade da história também, se a narrativa passa por momentos de enrolação, o enredo cresce e fica melhor estruturado, há mais níveis de informações e itens a serem explorados para o próximo livro.


Apesar de ter lido aos poucos devido a ter momentos cansativos, a história consegue prender e você deseja saber mais. Torço para que os próximos a história se desenrole mais ágil e que algumas explicações não dadas comecem de fato a serem mostradas.

Share:

3 comentários

  1. Oi, Andy.
    Eu até tenho o primeiro livro, mas já estou desistindo dessa série!
    Não me empolguei em saber que você precisou fazer a leitura aos poucos e nem nada disso!
    Uma pena!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que desde o 1 livro eu não fiquei empolgada nele, sabe? Aí li o 2 para seguir a história, mas a leitura foi no esquema devagar e sempre.

      Excluir
  2. Acredito que seja muita informação para um leitor digerir, principalmente por haver tantos personagens, mas eu acredito que no decorrer da leitura vamos nos acostumando com este tipo de narrativa mais densa e conseguimos compreender a estória de modo geral. Mesmo sendo uma trama com uma leitura demorada, ainda sim me senti cativada a dar uma chance, pois a premissa e tão diferente do que estou acostumada a ler do gênero.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir