BOOKS || Amanhã Eu Paro (Gilles Legardinier)

Autor: Gilles Legardinier
Tradutor: Fernanda Abreu
Editora: Arqueiro
Série: Não
Temas: Adulto, Comédia, Lit. Estrangeira
Como todo mundo, Julie já fez muitas coisas idiotas na vida. Ela poderia contar sobre a vez que resolveu descer a escada enquanto vestia um suéter e caiu nos degraus, ou quando tentou consertar um plugue ligado na tomada segurando o fio com a boca, ou quem sabe falar de sua fixação pelo novo vizinho que nunca viu: Ricardo Patatras.
Julie tem o irritante hábito de fazer as maiores loucuras quando está apaixonada. E essa obsessão a leva a prender a mão na caixa de correio do vizinho enquanto espiona uma misteriosa carta... E o pior, ainda é flagrada pelo próprio dono da correspondência.
Mas isso não é nada, nada mesmo, se comparado às maluquices que ela vai fazer para se aproximar desse homem e descobrir seu grande segredo. Movida por uma criatividade sem limites, intrigada e atraída por um desconhecido que mora tão perto, Julie assume riscos cada vez mais delirantes, sem perceber que pode cair na própria armadilha.
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Você já conheceu alguém que deu uma festa quando se divorciou? Eu já.”

RESENHA<<<
Acho que fui enganada pela capa e sinopse, aliás, já tiveram essa sensação? Alguém fala tão bem do livro (ou diz que ele é engraçado, doido) e quando você começa a ler se pergunta se está lendo o mesmo livro que te indicaram? A sensação que tive foi esta! Não li a mesma coisa que me indicaram e olha, o livro foi meio sem pé nem cabeça...rs

No vídeo conto os prós e contras (muitos) e também o motivo de não ter me sentindo tão próxima aos personagens, a história ou até mesmo achado tão divertido e engraçado quanto pensei que fosse lendo a sinopse. Minha alegria é saber que não é livro de série e sim algo único.

A proposta é boa e pela sinopse, podemos esperar coisas bacanas, mas tudo deu uma desendada à medida que as explicações surgiam e os personagens iam aparecendo, faltou algo a mais que pudesse embasar a história e transformá-la, de fato, em algo divertido.

Share:

3 comentários

  1. E tão decepcionante quando lemos um livro no qual esperamos uma estória cativante, envolvente, e divertida, e quando começamos a leitura no deparamos com uma trama sem pé nem cabeça. Na minha opinião pareceu que a autora tinha uma premissa bacana, porque a sinopse e muito chamativa, no entanto não soube desenvolver, ou se perdeu na escrita. Tinha interesse nesta leitura, mas agora não sei se leria.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, a ideia era ótima, mas a forma como foi construída foi estranha e no fim, acabou ficando meio chato...

      Excluir
  2. Andy!
    Achei Julie mmuito intensa e passional em tudo que se resolve a fazer.
    Gosto de romances hilários, dá um toque de chick-lit e fiquei curiosa por ver como ela vai se virar com Ricardo, o vizinho misterioso.
    Mas pelo visto o enredo não é bem definido, não dá para se identificar com os protagonista e tornou o livro até enfadonho... Como podem vender 'gato por lebre'?
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir