BOOKS || Onze Leis a Cumprir na Hora de Seduzir (Sarah MacLean)

Autor: Sarah MacLean
Tradutor: Fabiana Colassanti
Editora: Arqueiro
Série: Sim, livro 3 (série Números do Amor)
Temas: Jovem-Adulto, Romance, Comportamento, Relacionamento
Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra.
Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton.
O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Em retrospecto, havia quatro ações que a srta. Juliana Fiori deveria ter reconsiderado naquela noite.”

RESENHA<<<
Mais um final de série no blog (snif)
Terminando mais uma série de ‘Romance de Época’, chega ao fim a série Números do Amor, caso queira conferir os anteriores, clique:

Acho que este foi meu livro preferido da série. A protagonista é invocada e uau, tantas revelações e reviravoltas e além de tudo, links com os anteriores. Pois, geralmente este tipo de livro se foca muito no casal, já que cada livro segue um par, mesmo que outros personagens apareçam, fica uma coisa meio superficial. Não foi o caso aqui em algumas partes.

Teve muita emoção e paixão. Acredito que pela protagonista ser italiana, a autora soube colocar o drama, a personalidade forte, a essência dela de uma forma positiva, mesmo mostrando o lado tenso da Sociedade Londrina.

A trama segue a ideia geral já apresentada nos primeiros, então neste ponto não temos nenhuma novidade. Mas destaco a protagonista como alguém que realmente apareceu e brilhou em todo o livro, diria que até bem mais que o mocinho. Não que ele não apareça, mas a presença dela sempre era mais forte.

Juliana é do meu tipo de protagonista: forte, decidida e que sabe exatamente o que quer. E isso é o que dá o tom na história, ela de forma ímpar e Simon sem saber o que fazer da vida. Aliás, muitas vezes fiquei me questionando sobre ele e todo seu envolvimento na história. Tinha momentos que ele era MUITO, MUITO chato.

A série termina com chave de ouro e este é um livro com garantia de ótimos momentos e que vale muito a pena. Com momentos montanha-russa (no bom sentido), você irá rir, chorar, se emocionar, querer bater em alguém e ler as páginas como se não houvesse amanhã e depois que terminar vai ficar pedindo bis.

Share:

0 comentários