POISON BOOKS || Aconteceu Naquele Verão (Vários Autores)

Em 04 março 2017
Autor: Diversos Autores
Tradutor: Flora Pinheiro e Larissa Helena
Editora: Intrínseca
Série: Não
Temas: Jovem-Adulto, Comportamento, Romance, Atualidades
SINOPSE: Doze histórias apaixonantes de doze grandes escritores, entre eles Cassandra Clare, Veronica Roth e Stephanie Perkins.
Bem-vindos à estação mais ensolarada e apaixonante de todas! No verão, somos todos iguais, diz um dos personagens do conto “Mil maneiras de tudo isso dar errado”. No Brasil, nos Estados Unidos ou em qualquer lugar do globo, uma coisa é certa: no verão, nossos corações ficam mais leves, mais corajosos, impetuosos e confiantes — talvez por isso esta seja a estação perfeita para se apaixonar... e Aconteceu naquele verão é o livro ideal para quem adora histórias de amor.
Mas essa coletânea tem algo ainda mais especial. Algumas histórias têm uma pitada de estranheza, de mistério, um toque sobrenatural. Em “Cabeça, escamas, língua, calda”, a lagoa de uma cidadezinha é morada de um monstro marinho que só uma menina vê. No intrigante “Inércia”, dois grandes amigos há muito afastados vão se encontrar num quarto de hospital para uma última visita. No belo “O mapa das pequenas coisas perfeitas” é sempre dia 4 de agosto. Presos num loop temporal, dois jovens vão comprovar do que a força do amor é capaz.
A lição é simples: o amor não escolhe lugar nem hora para surgir. Coloque seus óculos escuros e abra sua cadeira de praia, porque neste verão você terá doze motivos para suspirar e se apaixonar.


RESENHA<<<
Hoje tem convidada aqui no Poison fazendo resenha, e como tem muitos leitores que ou preferem esperar a série toda estar publicada no Brasil ou são fãs de livros únicos (algo muito raro), eis que temos um livro de contos. Os contos são histórias rápidas e onde temos a possibilidade de conhecer um pouquinho da escrita de autores novos, ou se maravilhar com nossos autores favoritos.

‘Aconteceu Naquele Verão’ reúne doze histórias de amor que acontecem no verão e são escritas por nomes já aclamados por muitos, como Leigh Bardugo (Trilogia Grisha) / Stephanie Perkins (Anna e o Beijo Francês) / Veronica Roth (Divergente) /  Cassandra Clare (Shadowhunters).

As Histórias são:
Cabeça, Escamas, Língua, Cauda por Leigh Bardugo
Sou super fã da escrita de Leigh Bardugo e amei este primeiro conto que abriu a coletânea em grande estilo. Grace e Eli, dois jovens nada prováveis de estarem juntos aparentemente se unem no intuito de investigar um mistério, ou melhor, um monstro que está no lago. Ela tem a curiosidade e ele é um pesquisador curioso. Então esse par promete grandes aventuras que irão agradar os fãs de mistérios e romance.

O Fim do Amor por Nina Lacour
Esse é um conto sem preconceitos onde Flora que estava desenganada sobre o amor encontra Mimi e acompanhamos todos os tipos de pensamentos que a protagonista tem desde dúvidas ao encantamento que sente ao ir redescobrindo o amor.

O Último Suspiro do Cinemorte por Libba Bray
Aqui Libba Bray nos conta sobre o fim de um cinema chamado Cinemorte onde eram apresentados filmes de terror. Para aqueles que conhecem a escrita da Libba Bray eu digo que ela me surpreendeu um pouco neste conto. Teve

Prazer Doentio por Francesca Lia Block
Prazer doentio foi uma grata surpresa para mim, eu não conhecia a autora – ao menos não que me lembre no momento e achei sua escrita muito envolvente. Os personagens são tratados por suas iniciais, como se fosse um código e nesse conto descobrimos como um personagem se apaixona por outro, porém o final talvez, não seja como muitos gostaria. A meu ver, ficou ótimo. Considerei esse conto um pouco mais juvenil que outros..., mas não impediu que a leitura fosse fluída.

Em Noventa Minutos, vá em direção a North por Stephanie Perkins
Esse conto nos traz amor, amizade e expectativa. Mari vai ao encontro de seu amigo North que também é seu ex namorado; ambos tiveram um período de afastamento, mas agora por motivos que irão entender quando lerem, o destino resolve que já é o momento de ambos se reencontrarem e continuarem a escrever suas histórias. A escrita de Stephanie Perkins é simplesmente perfeita e envolve o leitor do começo ao fim.

Lembranças por Tim Federle
Mais uma história sem preconceitos onde o tema é o relacionamento de dois meninos que tem uma relação bastante solida, porém um deles está de partida para uma nova jornada, então ambos decidem terminar por conta disso. Mas quem pensa que é puro drama se engana. Pois na verdade nesse conto tem é muito amor e cumplicidade. Não terminou exatamente como eu gostaria, mas a escrita de Tim Federle me ganhou completamente.

Inércia por Veronica Roth
Escrito pela aclamada Veronica Roth, este conto tem sua “assinatura” sempre misturando realidade e ficção futurística. Conheceremos uma jovem que visita seu amigo Matt que está em coma; ela tem uma forma de falar com ele e todo o enredo é bem delicado e marcante.

Amor é o último recurso por Jon Skovron
Neste conto de Jon Skovron temos vários personagens abordados, e seus relacionamentos expostos. Achei o conto meio “blah” ... Nem sei bem o que dizer a respeito. Parece que li um dramalhão bem chatinho!

Boa Sorte e Adeus por Brandy Colbert
O conto traz personagens que lidam com sentimentos como perda e dor. Rashida é nossa protagonista, e é negra, como sua prima Audrey que lhe informa que está indo embora com sua namorada... E isso mexe demais com nossa protagonista.

Nova Atração por Cassandra Clare
Cassandra Clare que eu amo, nos apresenta Lulu que vive em um parque de diversões macabro. Seu pai desaparece e Walter, seu tio assume o parque e aí temos uma reviravolta na vida da protagonista. Cassandra envolve o enredo em mistério e o clima dá aquela sensação de suspense ou “o que deixei passar”, coisa que me agrada bastante, pois amoooo um mistério!

Mil maneiras de tudo isso dar errado por Jennifer E. Smith
Esse é um daqueles contos para tocar seu coração, mais um tema abordando o autismo, mesmo que superficialmente, (li outro livro recente com esse tema recentemente – e me atrai bastante). Bom.... Aqui temos Annie que precisa aprender a entrar no mundo de Noah, um menininho e apenas seis anos e também tenta lidar com Griffin que está sempre tão distante e inalcançável.
O conto é bem fofo e vale muito a menção ao autismo.

O mapa das pequenas coisas perfeitas por Lev Grossman
Este é o último conto do livro e nele somos apresentados a Margareth e Mark que vivenciam o dia quatro de agosto de novo, e de novo e de novo.... Estando presos a esse dia e um ao outro.

Todo o livro foi organizado por Stephanie Perkins, alguns contos são melhores que outros e também teve aqueles contos que não achei grande coisa, mas a coletânea em si é uma ideia que eu considerei bastante interessante. Não sou um ser muito de romances, mas as vezes precisamos de um pouco de doçura para abrandar o dia a dia e ‘Aconteceu Naquele Verão’ cumpre bem esse papel.

Apesar de não ter dado individualmente venenoso para todos os contos; no contexto geral.... Eu deixo como venenoso pela organização e ideia e por trazer temas interessantes e até atuais. Cada conto é bem diferente dos demais, não tem aquela mesmice que algumas coletâneas trazem, os autores souberam diversificar bem suas histórias e com isso trazer um misto de drama, suspense, terror, romance, fantasia e muito mais.

Quem é a Karini?
Apaixonada por livros e séries de TV – Administradora do Blog Mix Literário e colaboradora dos blogs: Livros e Chocolate Quente, Coração de Tinta e Acordei com Vontade de Ler. Vocês encontram a Karini no instagram e no Skoob.

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<