POISON BOOKS || Escândalos na Primavera (Lisa Kleypas)

Em 23 fevereiro 2017
Autor: Lisa Kleypass
Tradutor: Petê Rissatti
Editora: Arqueiro
Série: Sim, livro 4 (série As Quatro Estações do Amor)
Temas: Adulto, Romance de Época,
SINOPSE: Daisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braçaisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braço direito na empresa.
Daisy está horrorizada com a possibilidade de viver para sempre com alguém tão sério e controlador, tão parecido com seu pai. Mas não admitirá a derrota. Com a ajuda de suas amigas, está decidida a se casar com qualquer um, menos o Sr. Swift.
Ela só não contava com o charme inesperado de Matthew nem com a ardente atração que nasce entre os dois. Será que o homem ganancioso de quem se lembrava era apenas fachada e ele na verdade é tão romântico quanto os heróis dos livros que ela lê? Ou, como sua irmã Lillian suspeita, o Sr. Swift é apenas um interesseiro com algum segredo escandaloso muito bem guardado?
Fechando com chave de ouro a série As Quatro Estações do Amor, Escândalos Na Primavera é um presente para os leitores de Lisa Kleypas, que podem ter certeza de uma coisa: embora as estações do ano sempre terminem, a amizade desse quarteto de amigas é eterna.

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“– Tomei uma decisão sobre o futuro de Daisy – anunciou Thomas Bowman para a esposa e a filha.”

RESENHA<<<
Mais um final de série aqui no Poison e antes de passar aos venenos e comentários deste último livro, bora relembrar os anteriores?

Finalmente a última das amigas ‘encalhadas’ está prestas a casar e viver o seu final feliz. A série iniciada em ‘Segredos de uma Noite de Verão’ que contava a história de quatro amigas que se reúnem para conseguirem um casamento e deixarem de ser ‘as encalhadas’.

Cada livro trouxe a vida de uma das meninas, contando um pouco mais dela e de suas famílias, desejos e outras coisas relacionadas a história da personagem principal, mas as outras meninas sempre aparecem. É uma prática comum no chamado ‘Romance de Época’, as vezes recomendo a leitura fora de ordem, mas neste caso, acredito que ler na ordem trará mais segurança e uma linha do tempo melhor ao leitor.

Este último livro, talvez tenha sido um dos que mais coloquei expectativas e infelizmente, elas se mostraram aquém do que desejei, não diria que foi chato como o anterior, mas esperava muito mais – mais diversão, histórias e situações doidas e momentos divertidos. Principalmente porque as meninas americanas (a protagonista deste livro e a do livro 2) eram aquelas que desafiavam a sociedade e todos tinham nariz virado para elas, já que eram americanas tentando se darem bem na sociedade inglesa.

Foi uma história um tanto apagada e repetitiva. A personagem Daisy foi bem simplesinha e sem grandes aspirações, os momentos engraçados e ousados de antes, realmente pertenceram apenas a sua irmã, ela era algo como ‘um pacote’ e já que ela era protagonista e não mostrou nada disso, acreditei que pela a história da irmã ter sido divertida e de uma leitura maravilhosa, o mesmo se repetiria aqui.

Achei alguns momentos uma grande repetição e enrolação, já que a mesma é uma personagem apagada e um tanto sem sal. Sua história caiu de qualidade em relação às demais e alguns motivos apontados, as vezes não faziam nenhum sentido. Teve momentos que pensei que a imaginação da autora estava ‘apagada’ para esta história.

Seu ritmo de leitura não fluiu como os outros, tive bastante dificuldade de ler os dois últimos livros da série, não sei se foi por algo ser repetitivo ou se as ideias e sentimentos ali descritos não eram reais a ponto de me despertar desejo e anseio pela continuação e um virar de páginas frenéticos.

Da série, digo que os dois primeiros livros foram muito bons – leves, divertidos, engraçados e com uma ótima história. No terceiro foi uma leitura muito chata e arrastada e a finalização trouxe alguns pontos interessantes, mas seguiu uma coisa um tanto quanto repetitiva.

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<