POISON BOOKS || Alquimia (K. J. Wignall)

Autor: K. J. Wignall
Tradutor: Marsely Dantas
Editora: Bertrand
Série: Sim, livro 2 (O Vampiro de Mércia)
Temas: Jovem-Adulto, Vampiros, Sobrenatural,
SINOPSE: Depois de quase oito séculos em busca de respostas, Will finalmente começou a desvendar os mistérios que cercam sua existência. E, juntamente com Eloise, a garota que parece ser a chave para o seu destino, embarcou em uma jornada que pode conduzi-los à verdade... se conseguirem sobreviver.
Para ter alguma chance de derrotar seus inimigos, Will precisa, primeiramente, saber contra quem está lutando. Para isso, a dupla decide retornar para a Escola da Abadia de Marland e investigar o passado do vampiro, sem imaginar que essa missão pode colocar a vida de Eloise em risco.
Para proteger sua amada, o vampiro terá que descobrir mais sobre Wyndham e as profecias. Mas será que ele encontrará as respostas de que precisa a tempo? E, ao salvar Eloise, estará sacrificando a si mesmo?
Nesta eletrizante sequência, Will entrará em uma batalha da qual nem todos poderão sair com vida.

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Um demônio acabou com a minha infância.”

RESENHA<<<
Continuação da série ‘O Vampiro de Mércia’, para ler os comentários sobre o anterior, clique:

No livro anterior listei algumas situações que me fizeram embarcar neste livro e alguns comentários dos pontos que curti e/ou poderiam melhorar. Afinal, a história de Will e sua imortalidade é boa, diferente do que estamos acostumados a ler sobre o tema – vampiros e tem um quê de mistério, apesar de algumas coisas chatinhas, segui firme e forte.

Neste segundo livro, algumas questões já levantadas anteriormente ainda não foram respondidas; Afinal porque ele foi transformado? Por quem? E porque o mistério em torno dessa longa vida? – foram questões que o livro não trouxe um rumo claro e isso me deixou bem chateada, afinal em uma trilogia, algumas respostas precisam ser dadas no segundo livro, fazer uma aposta alta, contando tudo apenas no último pode ser um tiro no pé.

A sensação de repetição ainda me seguiu por aqui, algumas páginas e capítulos pareciam ser simplesmente uma enorme continuação, onde nada era dito e as questões se repetiam, as dúvidas continuavam a surgir, os mesmos temas questionados. Muitas vezes senti os personagens andando em círculos.

Teve algumas cenas de ação, algumas descobertas e achei que o protagonista Will junto com Eloise se enturmaram mais e apesar dela ser a pobre humana nesta história, ela não ficou no clichê ‘coitada da mocinha humana, ela não poderá fazer nada’, ela tem uma boa participação, apesar de ser o elo mais fraco da corrente, se mostrou ativa e interessada na história do personagem e como poderia ajudá-lo.

Mas de certa forma foi um livro com uma leitura arrastada, não são longos capítulos, mas a forma como foi narrado, as repetições, a falta de pontos fechando alguns assuntos ou momentos, acaba fazendo com que a leitura não fluísse e se tornasse um pouco cansativa. Apesar da ideia geral ainda continuar sendo interessante.

Ainda não tenho ideias de como a série irá terminar, vejo algumas saídas óbvias, mas pelo ritmo/estilo de narrativa do autor, acredito que não será nada fácil, agradável de ler. Aconselho a leitura para grandes fãs do tema, ou pessoas que querem tentar algo diferente do que temos por aí. Mas se preparem! A leitura arrastada pode dificultar, mesmo sendo livros finos.

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<

Share:

0 comentários