POISON BOOKS || Livros New Adults

Em 21 janeiro 2017
Eu até curto os NA, tem alguns interessantes, outros fofos, mas o grande problema é que as autoras desse gênero acabam se tornando repetitivas, por isso evito ler constantemente as mesmas autoras e também o gênero, assim dá uma folguinha para minha mente.

Os livros abaixo, foram leituras legais e para quem curte o gênero, talvez seja algo que vale a pena ler, mas se você for fã mas nem tanto, até indico a leitura, mas leia um a cada dois meses, assim dá tempo de dar uma descansada na mente e você não acha que rolou um crtl C + crtl V.

>>> Namorado de Aluguel

Autor: Kasie West
SINOPSE: Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. 
O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. 
E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento. 
Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma.

Dos três indicados, este é o mais fofo. A história evoluiu bacana, sem grandes dramas, mas de uma forma sutil. Os personagens são interessantes e a gente fica com aquela vontadezinha que tudo dê certo. Não teremos grandes reviravoltas, mas a história vale a leitura. Foi um amorzinho.

>>> Infinito + Um

Autor: Amy Harmon
SINOPSE: Quando duas pessoas se tornam aliadas improváveis e foras da lei quase sem querer, como podem vencer todos os desafios?
Bonnie Rae Shelby é uma estrela da música. Ela é rica, linda e incrivelmente famosa. E quer morrer.
Finn Clyde é um zé-ninguém. Ele é sensível, brilhante e absurdamente cínico. E tudo o que ele quer é uma chance na vida.
Estranhas circunstâncias juntam o garoto que quer esquecer o passado e a garota que não consegue enfrentar o futuro. Tendo o mundo contra eles, esses dois jovens, tão diferentes um do outro, embarcam numa viagem alucinante que não só vai mudar a vida de ambos, como pode até lhes custar a vida.
Infinito + um é uma história sobre fama e fortuna, sobre privilégios e injustiças, sobre encontrar um amigo por trás da máscara de um estranho — e sobre descobrir o amor nos lugares mais inusitados.

Eu já li outras coisas da autora e acho que ela pega um 8 ou 80. As vezes suas histórias são intensas, outras vezes bem superficiais. Aqui ficou um meio termo, gostei da premissa, mas a história demorou para engrenar e depois ficou no mais do mesmo. Páginas seguidas das mesmas informações. Esperava mais.

>>> Novembro, 9

Autor: Colleen Hoover
SINOPSE: Autora número 1 da lista do New York Times retorna com uma história de amor inesquecível entre um aspirante a escritor e sua musa improvável.
Fallon conhece Ben, um aspirante a escritor, bem no dia da sua mudança de Los Angeles para Nova York. A química instantânea entre os dois faz com que passem o dia inteiro juntos – a vida atribulada de Fallon se torna uma grande inspiração para o romance que Ben pretende escrever. A mudança de Fallon é inevitável, mas eles prometem se encontrar todo ano, sempre no mesmo dia. Até que Fallon começa a suspeitar que o conto de fadas do qual faz parte pode ser uma fabricação de Ben em nome do enredo perfeito. Será que o relacionamento de Ben com Fallon, e o livro que nasce dele, pode ser considerado uma história de amor mesmo se terminar em corações partidos?



Estou começando a implicar com a Colleen, os livros dela seguem os mesmos dramas, sempre alguém sofreu alguma coisa e a pessoa que fez aquilo volta e tenta consertar depois de algum tempo. Como essa é basicamente a mesma premissa nos livros dela, não demorei muito para matar a charada do livro.

Apesar da ideia bem bacana de contar um dia a cada ano (9 de novembro), as coisas nunca evoluíam muito, as vezes pensava, Jesus, se passou um ano e nada. Acho que a autora não conseguiu fazer a passagem de tempo para seus personagens, apesar da gente entender que são 365 dias de diferença, na hora da leitura dá a impressão que foi um mês ou por aí.

>>> 
Os três livros ficam na mesma categoria para mim, foram leituras rápidas e leves porque são histórias simples. Tirando a Kasie (que só tinha lido num gênero diferente -  Encruzilhada), as outras eu já li algumas histórias, então já sei o que esperar (e o que não vou encontrar em suas histórias).

São personagens simpáticos, a ideia é fofa e a gente morre de amores para que tudo dê certo. De modo geral acho que os livros deveriam se aprofundar mais em alguns pontos, principalmente no caso de Infinito + Um e Novembro,9.

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<