POISON BOOKS || A Garota Perfeita (Mary Kubica)

Em 17 janeiro 2017
Autor: Mary Cubica
Tradutor: Fal Azevedo
Editora: Planeta
Série: Não
Temas: Adulto, Suspense, Sobrenatural,
SINOPSE: Mia, uma professora de arte de 25 anos, é filha do proeminente juiz James Dennett de Chicago. Quando ela resolve passar a noite com o desconhecido Colin Thatcher, após levar mais um bolo do seu namorado, uma sucessão de fatos transformam completamente sua vida.
Colin, o homem que conhece num bar, a sequestra e a confina numa isolada cabana, em meio a uma gelada fazenda em Minnesota. Mas, curiosamente, não manda nenhum pedido de resgate à familia da garota.
O obstinado detetive Gabe Hoffman é convocado para tocar as investigações sobre o paradeiro de Mia. Encontrá-la vira a sua obsessão e ele não mede esforços para isso. Quando a encontra, porém, a professora esté em choque e não consegue se lembrar de nada, nem como foi parar no seu gélido cativeiro, nem porque foi sequestrada ou mesmo quem foi o mandante. Conseguirá ela recobrar a memória e denunciar o verdadeiro vilão desta história?


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Estou sentada no balcão da cozinha, tomando chocolate quente, quando o telefone toca.”

RESENHA<<<
A garota perfeita é um romance intenso e instigante, se você não gostou de ‘Garota Exemplar’, você vai gostar desse e se você gostou de Garota Exemplar você vai se apaixonar por esse.  Os leitores vão se encontrar simpatizando muito com os dois personagens principais, com seus sentimentos mais profundos, suas lutas e seus passados ​​sombrios.  

A história é contada por três pontos de vista diferentes: de Eva, Gabe e Colin, eles se movem para frente e para trás, entre o antes e o depois do sequestro, isso faz com que o suspense seja construído de forma a deixar o leitor preso e em suspense, principalmente quando é a voz de Mia narrando.

Há alguma violência e eu achei algumas atitudes de alguns dos personagens muito perturbadoras. Os personagens são emocionais, a ponto de fazer fronteira com o melodrama. Pessoalmente, isso não me incomodou e como a história foi focada nos personagens e a emoção parecia se encaixar com a personalidade de cada personagem. Ficou claro que a história progrediu que havia um elemento do enredo que estava sendo retido.

Esta pode ser a minha opinião pessoal, mas quando uma história contém uma grande virada no final, deve ser tal que muda sua visão da maioria do que você leu. Essa virada traz alguma luz sobre o comportamento de alguns personagens, mas fez muito pouco para alterar a minha visão dos eventos.

Minhas considerações finais: é uma leitura excelente, tem sua própria essência e um final interessante como todo bom thriller que se preze.

*_*_*

Quem é Éme?

Bibliotecária, escorpiana, metódica, booksniffer, Moningmaniac, leio coisas que ninguém lê, além de ter um fraco por leituras bobas. Sou chata e não me indiquem livros modinhas eu não lerei! Venenos no @emeraudelima

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<