BOOKS || Sedução da Seda (Loretta Chase)

Autor: Loretta Chase
Tradutor: Simone Reisner
Editora: Arqueiro
Série: Sim, livro 1 (série As Modistas)
Temas: Adulto, Romance de Época, Comportamento,
Talentosa e ambiciosa, a modista Marcelline Noirot é a mais velha das três irmãs proprietárias de um refinado ateliê londrino. E só mesmo seu requinte impecável pode salvar a dama mais malvestida da cidade: lady Clara Fairfax, futura noiva do duque de Clevedon.
Tornar-se a modista de lady Clara significa prestígio instantâneo. Mas, para alcançar esse objetivo, Marcelline primeiro deve convencer o próprio Clevedon, um homem cuja fama de imoralidade é quase tão grande quanto sua fortuna.
O duque se considera um especialista na arte da sedução, mas madame Noirot também tem suas cartas na manga e não hesitará em usá-las. Contudo, o que se inicia como um flerte por interesse pode se tornar uma paixão ardente. E Londres talvez seja pequena demais para conter essas chamas.
Primeiro livro da série As Modistas, Sedução da seda é como um vestido minuciosamente desenhado por Loretta Chase: de cores suaves e românticas em alguns trechos, mas adornado com os detalhes perfeitos para seduzir.
>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“No verão de 1810, o sr. Edward Noirot fugiu para a vila de Gretna Green, no sul da Escócia, famosa por permitir o casamento de jovens sem o consentimento dos pais, levando consigo a srta. Catherine Delucey.

RESENHA<<<
Mais um romance de época aqui no blog. É um gênero que tenho gostado bastante, principalmente porque são histórias leve e na maioria das vezes divertidas, com aquela pitadinha nonsense que eu curto.

Este livro é o primeiro de uma série, e a escrita da autora ajudou bastante a história fluir, temos bons personagens e uma história que nos cativa. O que mais me agradou foi o tom meio cômico da história, claro que tem todo aquele drama que conhecemos do romance de época, mas os personagens principais brincam de gato e rato de uma forma legal e a gente quer ver o circo pegando fogo.

A única coisa que não curti, foi o excesso de um dos personagens, tem uma criança na história e ela é mega chatinha, e insiste em aparecer mais do que os personagens. E a partir de um determinado momento, parece que todas as ações são moldadas pelos desejos dela. Apesar dela estar no núcleo, ela nem era tão importante assim para aparecer tanto. Confesso que esta parte foi bem chata e repetitiva.

Tirando esta criança chatinha, que com certeza vai aparecer no restante da série e isso será um problema nos próximos livros. Temos boas personagens e uma história bem amarrada. A briga para ser uma modista e a reputação que isto irá trazer para as meninas, afinal, quem dita a moda é alguém interessante/importante.

As intrigas foram bem apresentadas e decorrem no seu devido tempo, há momentos que poderiam acontecer mais coisas do que esperávamos, mas de certa forma as coisas se encaixaram bem.

O romance de época tende a ter alguns elementos repetitivos, por isso, indico a leitura dos mesmos aos poucos, assim não fica com aquela sensação de ‘já li isso em algum lugar’, mas para quem é fã e já sabe o que esperar, vale a leitura e a certeza de coisa bacana.

Share:

0 comentários