POISON QUICKS || Habitica 2

E exatos 6 meses de começar a mexer no ‘Habitica’ (leiam o post aqui), eis que continuo firme e forte na ideia que ele traz. Manter os objetivos em dia, ir adicionando coisas novas e ficar atenta aos prazos, me organizar melhor e evitar de perder alguma tarefa do dia para não perder ‘vidinha’.

O Habitica virou uma ‘obrigação’ na minha vida, nem entro no mérito da parte do joguinho. Aliás, praticamente nem o uso direito, as pessoas usam para criar grupos ou guildas, trocar mensagens e fazerem desafios. As vezes dou um pulo por lá e confiro essas coisas, mas a verdade é que me mantenho bem mais na página principal do aplicativo do que explorar suas outras particularidades.

Dá para viver/usar sem jogar o Habitica?
Sim, com muita tranquilidade. No app, o que te faz perder pontos é quando você não cumpre as tarefas diárias. E não ao participar da parte divertida do site. E é isso que eu me foquei, já tenho alguns apps no celular que adoro jogar (olá Candy Crush), então imagina ficar em mais uma coisa? Para mim simplesmente não ia funcionar, porque eu me conheço, e ia acabar me focando só no joguinho.

Voltando as tarefas, das quatro listas que existem na página principal: HÁBITOS – TAREFAS DIÁRIAS – AFAZERES – RECOMPENSAS, acabo me focando em atualizar e manter as barras 2 e 3 (tarefas/afazeres), acaba sendo sempre nesses dois que dou muita importância, como manter as tarefas do dia: ir à academia, fazer coisas relacionadas ao trabalho e à estudos e em alguns dias, as atualizações do blog.



Mas talvez seja a coluna Afazeres que realmente preciso prestar um pouco mais de atenção, pois apesar de ter começado a anotar as coisas que preciso fazer mais detalhadamente – antes eu anotava por blocos, como ‘atualizar leituras de parceria’. O que era muito vago e dava marchem para muitas interpretações, passei a escrever mais aberto – terminar o livro X ou fazer resenha do livro Y.

Isso tem me ajudado a destrinchar mais as coisas que preciso fazer e atacar item a item, afinal ninguém consegue abraçar o mundo e a gente começa a perceber até onde vai o nosso limite. Porque falo isso, porque não adianta você marcar que vai precisa fazer 5 ou 8 coisas, onde cada uma leva em torno de uma hora, se você dispõe apenas de 3 horas livres por dia. A gente começa a entender que podemos fazer apenas 3 coisas e como podemos espaçar os itens de modo que tudo seja feito, mas um pouco a cada dia.

Como em 2016 eu coloquei na cabeça tentar ser mais produtiva/eficiente, ou seja, sair da procrastinação e realmente fazer as cosias que fico planejando, confesso que o site tem me ajudado bastante, principalmente quando comecei a melhorar a qualidade das informações que eu estou alimentando nele. Talvez essa seja a dica mais importante para a organização nossa de cada dia – saber como colocar as coisas, de modo que seja mais fácil/útil/ágil a gente conseguir realizar as tarefas.



Finalizo dizendo que não sou nenhuma santa e já burlei em alguns momentos dizendo que fiz tarefas que não havia feito só para não perder os pontos de vidinha. No início era bem mais comum, hoje acontece muito raramente, as vezes nos dias que acontecem alguma emergência e bagunça todo o meu planejamento. Mas do que adianta eu me enganar? A consciência ficava pesada e no dia seguinte estava eu lá já querendo adiantar as coisas que não fiz no dia anterior. Mais um ponto positivo para o joguinho...

Ahhh além do site, o Habitica está disponível para o celular e tablete. Então, nada de desculpas para baixar e começar!

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<

Share:

0 comentários