POISON BOOKS || O Chamado (Michael Grant)

Em 09 junho 2016
Autor: Michael Grant
Tradutor: Giu Alonso
Editora: Galera Júnior
Série: Sim, livro 1 (série Os 12 Magníficos)
Temas: Infantojuvenil, Aventura,
SINOPSE: Mack sofre de um grau agudo de mediocridade. Aparência medíocre, notas medíocres, pais medíocres. E, com uma lista interminável de fobias e um bully em seu encalço, Mack está longe de um destino heroico. Pelo menos era isso que ele pensava. 
Até o dia em que um homem de 3 mil anos chamado Grimluk traz uma notícia surreal: Mack foi designado para lutar contra uma terrível força maligna que ameaça destruir o mundo. Ele é parte de um grupo chamado os 12 Magníficos, e cabe a ele encontrar os outros onze integrantes. Juntos, os Magníficos deverão enfrentar oponentes aterrorizantes em uma caçada internacional. 
E o ponto mais surreal dessa história é: a única pessoa que acompanhará Mack nessa jornada é Stefan, o rei dos bullies da escola e seu arqui-inimigo.

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“David MacAvoy – que era chamado de Mack pelos amigos – não era um herói improvável.”

RESENHA<<<
Para quem curte uma coisa louca, meio sem pé nem cabeça, mas com uma certa graça e de leitura mega ultra rápida, pode seguir na nova série de Michael Grant, para quem o conhece pela distopia de Gone (resenha aqui).

Não quero ser a portadora de más notícias, mas visto que o nome da série é ‘Os 12 Magníficos’, acredito que se trata de uns 12 livros (mas torço para estar errada), lá fora já temos 4. A boa notícia é que a leitura é muito rápida. E a história é surreal.

Poderia resumir como um mini ‘Endgame’ (resenha aqui), mas sem a parte das mortes violentas, com mais humor e magia/aventura, afinal, é um livro infantil. Mas há viagens malucas e inesperadas, rodar o mundo atrás de pessoas especiais e derrotar o grande mal.

O ponto engraçado são as cartinhas do golem que se passa pelo nosso protagonista enquanto ele viaja nessa louca aventura. Chorava de rir com elas.

O livro tem muito humor e momentos divertidos, a linguagem simples e os capítulos curtos, implicam em 2 coisas positivas – as crianças conseguem se prender ao livro e tem uma velocidade bacana e alguns mistérios que nos faz seguir adiante e saber mais.

Minha dica fica por conta de lermos uns 2 ou 3 livros juntos, por eles serem muito fininhos, é uma leitura muito rápida, por isso espero que a cada 3 meses (no máximo) a editora traga os outros, assim a gente não esquece da história e se diverte.

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<