POISON BOOKS - Meu Romeu (Leisa Rayven)

Em 16 novembro 2015
Autor: Leisa Rayven
Tradutor: Santiago Nazarian
Editora: Globo Alt
Série: Sim, livros 1 (série Starcrossed)
Temas: New Adult, Relacionamentos, Romances

SINOPSE: Cassie está prestes a realizar o grande sonho: estrelar um espetáculo na Broadway. O que ela não esperava era ter que enfrentar o reencontro com o ex-namorado, que será novamente protagonista ao seu lado, em uma peça cheia de romance e cenas quentes. Trabalhar com Ethan traz o passado à tona, e lembra a Cassie que o que existe entre eles vai muito além de simples química.


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Corro pela calçada movimentada e um suor nervoso surge nos meus lugares menos glamorosos.”

RESENHA<<<
Mais uma série aqui no blog. E andava sem ler esse tipo de livro, não que eu não curta, mas sou da teoria que quando lemos um gênero demais, a gente acaba enjoando e isso de fato aconteceu com outros gêneros, fiquei saturada e achava tudo muito igual.

Como o segundo livro acabou de sair aqui no país, vi que era hora de dar uma chance e não, o livro não é ruim, mas ele com certeza não é o último biscoito no pacote como foi levantado por aí.

O ponto positivo foi o jogo passado-presente, já que no presente o casal de protagonista está brigado, e no passado vem contando aos poucos como o relacionamento deles começou e pegou fogo e também os problemas, ou início dos problemas que levaram a separação, pé na bunda e coração partido.

A gente não sabe de todos os detalhes neste primeiro livro, mas aquela vibe ‘não é você, sou eu’ e ‘você é demais para mim’ e coisas do tipo podem ser esperadas. E essa vibe é bem clichê e repetitiva. A maioria dos romances Jovem-Adulto, Erótico e Hot, acabam vindo com essa pegada e aqui não foi diferente.

Na verdade, os capítulos no passado para mim foram muito mais intensos e interessantes que os do presente. No passado realmente tem história e sua evolução, apesar de ser simples e sem grandes reviravoltas. Enquanto no presente tem muita enrolação. No presente pareceu que a autora estava meio perdida sobre como resolver o climão entre eles e ainda deixar o leitor interessado, mas sinceramente, não rolou tão bem quanto a história que ela criou no passado.

Muitas vezes fiquei com a sensação que as histórias foram escritas em separado e ela juntou intercalando, tem momentos que estão bem desconexos.

Os personagens são mais cativantes no passado, enquanto jovens. A menina meio tímida, o rapaz no estilo bad boy e a temperatura parece sempre explodir quando eles estão no mesmo ambiente. Ainda mais quando isso se passa na faculdade de teatro.

Minha torcida seja que no próximo livro, a autora traga o clima bacana do passado para o presente e claro, a gente descubra o estopim da separação, acredito que será o ponto de vista do rapaz, já que no primeiro livro, o ponto de vista é da menina.

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<