POISON BOOKS - Encruzilhada (Kasie West)

Em 04 setembro 2015
Autor: Kasie West
Tradutor: Flávia Souto Maior
Editora: Seguinte
Série: Sim, Livro 1 (série Encruzilhadas)
Temas: Jovem-Adulto, Ficção, Suspense
SINOPSE: A vida de Addison Coleman é um grande “e se…?”, graças à sua habilidade especial: Investigar Destinos. Addie é capaz de prever duas possibilidades de seu futuro toda vez que precisa tomar uma decisão. Quando os pais dela anunciam o divórcio, a garota deve escolher se vai morar com o pai entre os Normais ou se prefere ficar com a mãe no Complexo Paranormal. Para ter certeza do que a espera, Addie resolve Investigar. Em uma alternativa, ela conhece Trevor, um Normal sensível com quem logo sente uma conexão. Na outra, se envolve com Duke, o garoto mais popular da escola Paranormal. E agora, em qual futuro Addison estará disposta a viver?


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“– Olha a bola! – gritou alguém à minha direita.”

RESENHA<<<
A pegada poderes mutantes anda pegando, acho que este é o terceiro ou quarto livro que leio com essa ideia, mas a grande sacada da autora com certeza foi o duplo ponto de vista, já que imaginar coisas em duas realidades diferentes é tenso.

Nossa protagonista vive num mundo a parte onde todos têm superpoderes, não, pera, eles têm habilidades especiais, alguns manipulam objetos, outros se movem rápido e ela consegue ver o futuro quando está diante de uma escolha. E a partir dessa escolha decidir, se quer ou não seguir o caminho. O problema é que ela não ‘esquece’ o caminho não escolhido e isso a longo prazo pode dar muito nó na cabeça.

O livro é todo no termo do ‘não acontecimento’, já que a personagem está fuxicando no futuro qual escolha deve fazer, sair do Complexo que viveu a vida toda e ir para nossa realidade, onde ela não poderá falar e nem usar as suas habilidades e será normal. Ou se manter no conforto e no que ela já conhece.

São capítulos intercalando cada uma das escolhas, não temos informações de que capítulo está em que realidade paralela, digamos assim, mas ao passar das páginas a gente entende que em uma realidade algo é mais concreto do que em outra e isso é o que nós vamos amar e odiar.

É difícil escrever uma história com dois pontos de vista sobre o mesmo assunto, até porque mesmo que algumas escolhas sejam mais óbvias do que outras a gente sabe que certos itens vão aparece na realidade não escolhida. Por exemplo, você conhece uma pessoa, em uma realidade ela é sua amiga mesmo e na outra não, mas ela existe e você a conheceu, então ela ‘faz parte’ da sua vida, independe de escolhas, mas em algum momento você escolheu se aproximar dela ou não.

E o suspense da história vem daí, como em uma realidade coisas acontecem e na outra não e vice-versa, a gente é o mestre do jogo que sabe tudo e até começa a ver para onde a história está rumando, dá vontade de gritar, ‘Hey, sai dessa que ele(a) é mala/furada!’ a autora soube levar esses dois pontos e o suspense e não ser algo clichê.

Inclusive teve bons personagens, não dá para matar de cara algumas coisas, tem personagem que você acha é legal e quando vê é bem ruinzinho e vice-versa – ADORO isso!!! Ela soube trabalhar com os personagens, acho que ela pensou na teoria do menos é mais. Não temos uma lista enorme, mas os que ela escolhe como farão parte da vida da protagonista nas duas versões, são bem trabalhados.

A única coisa que me deixou muito chateada foi o final, sério, você vibra, acha a ideia boa, essa coisa de praticamente no final que ela vai escolher qual futuro vai seguir, mas o final foi tão xoxo, bem decepcionante, praticamente sem gancho para o próximo livro, até cheguei a pensar que fosse livro único, porque não tem nenhuma ligação com o próximo livro. O final foi um banho de água fria. Esperava muito mais.

Apesar de já ter lido a sinopse do próximo livro, afinal precisava saber se teria ou não uma ligação, percebi que os rumos da história irão mudar radicalmente, não sei se será bom ou ruim, só espero que ela mantenha essa ideia de duplo ponto de vista e melhore o final e o gancho na hora da finalização ou sequência.

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<