POISON SERIES - Stitchers

Em 28 julho 2015
E eis que chegamos ao final do mês e a coluna com dicas de séries está no ar! A série do mês é uma mistura de tecnologia ultra avançada, andar na mente das pessoas, uma pitada CSI e jovens adultos sendo eles mesmos, ou seja, sem noção.


Para saber mais:
Stitchers é um drama que acompanha Kirsten, uma jovem recrutada por uma agência secreta do governo para ser “acoplada” na mente daqueles que faleceram recentemente, usando a memória de quem se foi para investigar assassinatos e decifrar mistérios que, em outras circunstâncias, seriam enterrados juntamente com os mortos (fonte: Minha Série)

Personagens Principais:
Emma Ishta >>> Kristen Clark
Kyle Harris >>> Cameron Goodkin
Ritesh Rajan >>> Linus Ahluwalia
Sali Richardson-Whitfield >>> Marguerite “Maggie” Baptiste
Allison Scagliotti >>> Camille Engelson

Trailler da Série:


RESENHA<<<
Stitchers foi uma série que me fisgou, dificilmente consigo ver episódios grandes (aqueles de 40 minutos) seguidos, mas a trama me atraiu e os personagens – nerds que são sem noção do comportamento humano também fizeram com que eu curtisse a história e fizesse a famosa ‘maratona’ com todos os capítulos disponíveis até então (8 no total). Por enquanto a informação é que a temporada contará com 10 episódios (adoro essa informação, mas tudo é possível e pode mudar, a boa notícia é que ela foi renovada para segunda temporada).

A história gira em torno de Kristen, uma jovem que tem uma ‘doença’ rara, ela sofre de uma espécie de lapso temporal, ou seja, ela não tem noção do tempo que é gasto fazendo qualquer coisa e isso é o que a agência secreta do governo precisa para que ela possa ‘andar’ pelas memórias das pessoas mortas e tentar descobrir porque os mesmos foram assassinados.

O problema é que como fazer um suspeito pagar por algo que você só sabe porque viu na memória de um cadáver? E uma das graças da série é essa, a Kristen junto com os colegas resolvem fazer o trabalho da polícia e tentar ir atrás do suspeito ou de coisas que possam prender os suspeitos.

Pela protagonista ter esse lapso temporal e ser completamente desprovida de tato social, as cenas são sempre engraçadas, seja porque ela tenta aprender coisas básicas como pedir desculpas, ou se socializar ou temos piadas nerds no meio da história. Nada muito chamativo como é na comédia, as situações são rápidas e fáceis de identificar e aquela piada não se arrasta por todo o episódio, é meio como comédia stand up, se você perder a piada já está em outra e já era.

O único, porém, que tem me irritado, que como toda agência governamental, sabemos que esse projeto é pano para algo muito maior, e esse maior nunca é mostrado, mas tem menções disso aqui e ali durante alguns episódios. Durante essa temporada acho difícil a gente ver mais do que esses flashs de informações, mas na próxima, espero que a gente comece a entender quem e/ou porque o Programa Stitchers foi criado.

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<