POISON BOOKS - As Herdeiras Quebram as Regras (Joanna Philbin)

Em 20 abril 2015
Autor:  Joanna Philbin
Tradutor: Sabrina Garcia
Editora: Galera Júnior
Série: Sim, livro 2 (série As Herdeiras)
Temas: Infantojuvenil, Relacionamento, Moda, Comportamento
SINOPSE - Elas não queriam a fama, mas nasceram com ela
Desajeitada e doida por literatura, Lizzie não poderia ser mais diferente de sua mãe, Katia Summers, a supermodelo mais famosa do mundo. Acostumada aos flashes de paparazzi e aos muitos admiradores de sua mãe, a menina sabe como ninguém como é não ser notada.
E ela não está sozinha. Suas duas melhores amigas também sentem na pele como é ter pais famosos. Carina Jurgensen tem um magnata de telecomunicações como pai, enquanto Hudson Jones é filha da cantora pop Holla.
Mas tudo muda quando Lizzie é descoberta por uma fotógrafa de modelos exóticas. Agora, ela tem que conciliar a escola com sua nova carreira, lidar com a constante comparação com sua mãe e conquistar o gato da sala... Ufa!  

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Carina Jurgensen apertou a bola de borracha antiestresse repetidas vezes, olhando através da janela de vidro fumê enquanto o carro deles acelerava pela cidade.”

RESENHA<<<
Tá aí uma série gracinha e estamos indo para a resenha do segundo livro, para saber mais sobre ‘As Herdeiras’, confere a resenha do anterior.

Poucos livros de pré-adolescentes (oi mamães, falei certo? Porque recentemente descobri que eles não gostam de serem chamados de crianças...rs) fazem os personagens serem legais e divertidos e não bobos, acho que as pessoas querem infantilizar adultos e nunca acaba saindo bem, mas aqui, a autora fez com que suas personagens sejam divertidas, loucas, se metam em confusão, como qualquer pré-adolescente, mas elas têm aquele ar divertido e série de quem já sabe o que está fazendo e começa a entender de responsabilidades.

No livro anterior, nós fomos apresentados às amigas, elas são filhas de pessoas famosas, mas vamos dizer que Deus não foi lá tão generoso com elas e hoje elas ficam meio que sendo chamadas de ‘filha da fulana de tal’, o que vamos concordar é péssimo, ninguém quer ser lembrando pelo pai/mãe.

Aqui, o destaque fica por conta de Carina, ela é a mais descolada das três, mas no final do livro anterior tinha feito uma grande besteira e começa esse livro recebendo uma punição do pai – sem cartões de crédito, sem motorista e vai ter de se virar com 20 dólares por semana. Gente, isso dói muito no coração e claro, ela vai se meter em mil confusões e nós choramos de rir.

O livro foi divertido, mostrou que a personagem soube se virar em alguns momentos e se perdeu em outros como qualquer adolescente. Todo mundo toma decisões ruins e como a gente sai dessa ou não é o que nos fortalece.

A história tem uma narrativa muito bacana, simples, mas que flui maravilhosamente, acho que foi um dos poucos livros que praticamente li em um dia (e não foi um final de semana lendo, foi um dia de semana), porque eu não sentia as páginas passando e de quebra queria saber o que mais acontecer com a pobre menina rica.

As outras meninas aparecem, mas o destaque realmente é a Carina, já no próximo, será a Hudson e o último livro a Lizzie, os próximos livros tem carinha de serem mais românticos, as outras meninas são mais fofinhas. Mas já quero ler, porque realmente cai de amores pela série =]

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<