POISON SERIES - The Librarians/Unbreakable Kimmy

Em 31 março 2015

Depois de um post falando das novidades, estava na hora de começar a falar das séries e se vale a pena ou não assisti-las, afinal, são muitas séries e o nosso tempo nada de aumentar, bem que o dia poderia ter mais de 24hs...

Vou começar com duas séries bem tosquinhas, sim, sei que as séries são bobas e com certeza tem outras muito melhores, mas atire a primeira pedra quem nunca viu uma tosqueira, curtiu e continua assistindo. Porém, a diferença entre elas é que uma, mesmo sendo tosca me empolgou para vê-la e continuar na próxima temporada, já a outra, desisti depois do primeiro capítulo.

Começo com ‘The Labrarians’, ou os bibliotecários. A ideia do seriado é boa, possui uma leve pegada à la estilo Indiana Jones, onde A Biblioteca fica responsável por selecionar pessoas que acreditam em magia e tenham senso de aventura para procurar tesouros escondidos e lendas, fala um pouco das linhas leys, de mitologia, passando por alguns momentos da história.

Porém, a coisa é tosca, péssimos efeitos visuais, personagens fracos e em alguns momentos a gente percebe que as coisas são bem meio sem pé nem cabeça. Fiquei me perguntando como ela conseguiu levar 10 episódios e ainda não ser cancelada.

Mas o lado bom, é que ela tem aquela pegada meio livro, onde pessoas diferentes se juntam e cada um vai resolver um mistério e claro lutar contra as forças do mal que querem ficar com toda magia e escravizar os humanos, muito plot de livro, né? Se bobear alguém já falou disso em algum livro e foi transformado em série de TV.

Se você quiser conferir, ver umas cenas toscas e dar gargalhadas, lembre-se que por enquanto tempos apenas uma temporada e que todos os episódios já saíram.

Para saber mais:
Criada por Dean Devlin (Leverage), a série dá continuidade à trilogia produzida entre 2004 e 2008. No estilo de Indiana Jones, Noah Wyle (Plantão Médico, Falling Skies) interpreta Flynn Carsen, um bibliotecário que trabalha em um local onde são secretamente armazenados objetos mágicos e lendários.
Liderando uma equipe de pessoas vindas de diferentes países do mundo, ele tem a missão de proteger esses objetos. O grupo é formado por Jake Stone (Christian Kane, de Leverage, Angel), um homem de alto QI, considerado uma enciclopédia ambulante da história da arte; Cassandra (Lindy Booth, de Copper), uma mulher com o dom da sinestesia; e Ezekiel Jones (John Kim, de The Pacific), especialista em novas tecnologias e obcecado por crimes clássicos.
O grupo conta com o apoio de Eve Baird (Rebecca Romijn (Ugly Betty, King & Maxwell), uma agente especializada em contraterrorismo que tem a missão de protegê-los. Todos estão sob o comando de Jenkins (John Larroquette, de Night Court e Justiça Sem Limites), um especialista em objetos antigos que há décadas trabalha na biblioteca. (fonte: SeriesTvix)

Personagens Principais:
Rebecca Romijin >>> Eve Baird
Christian Kane >>> Jacob Stone
Lindy Booth >>> Cassandra Cillian
John Kim >>> Ezekiel Jones
John Larroquette >>> Jenkins

Trailler da Série:


Já a segunda série, apesar de ver alguns amigos na timeline comentando a série, a mesma não me chamou atenção, achei muito boba e não tive muita paciência para seguir além do primeiro episódio, imagina acompanhar a temporada toda?

Mas cheguei a conclusão que eu não fui feita para as comédias americanas, acho a grande maioria boba demais e foram pouquíssimas que de fato ri, então, aceitem que é um problema pessoal meu, kkkk.

A série gira em torno de Kimmy que passou a vida toda em um abrigo subterrâneo e após ser libertada vai fazer o que nunca pode. Se muda para Nova Iorque e é lá que as coisas começam a acontecer/melhorar para ela. A série até tem uns personagens legais, o Titus para mim ganhou muito mais destaque e o achei bem mais divertido que a própria protagonista e cada episódio mostra algo que ela aprende a fazer.

A série também tem uma vibe tosquinha, a história é simples e nada muito ousada, digamos assim, o forte está na comedia (que eu não achei a menor graça) e rir das situações que a menina nunca passou na vida porque ficou presa no abrigo, então ela seria bem ingênua.

A boa notícia sobre essa série é que a mesma está no Netflix e para os ‘maratoneiros’ de plantão (uma nova palavra sendo criada na língua portuguesa), todos os episódios da primeira temporada estão disponíveis no serviço, então pode se jogar, caso você consiga passar do primeiro episódio.

Para saber mais:
Kimmy  (Ellie Kemper) é uma jovem que, após 15 anos vivendo isolada em um culto, decide que é hora de retomar sua vida e vai para Nova York.(fonte: Adoro Cinema)

Personagens Principais:
Ellie Kemper >>> Kimmy Schmidt
Tituss Burgess >>> Titus Andromedon
Carol Kane >>> Lillian Kaushtupper
Jane Krakowski >>> Jacqueline Voorhees
Sara Chase >>> Cyndee Pokorny
Lauren Adams >>> Gretchen Chalker
Sol Miranda >>> Maria Nuñez

Trailler da Série:



As duas séries levam vantagem no seguinte: são séries curtas (aquelas de 20 minutinhos), poucos episódios na temporada (uma média de 10 episódios) e todos já estão disponíveis para serem assistidos. Aí é só se jogar e ficar torcendo para elas retornarem ano que vem.