POISON BOOKS - Os Filhos de Odin (Padraic Colum)

Autor:  Padraic Colum
Tradutor: Santiago Nazarian
Editora: Única
Série: Não
Temas: História, Mitologia, Contos
SINOPSE - Os Filhos de Odin - Antes de o tempo como nós o conhecemos começar, deuses e deusas viveram na cidade de Asgard, que significa Local dos Deuses. Uma era de mágica, quando seres míticos podiam usar seus poderes e definir os caminhos do futuro, e proteger o mundo. Entre as cruzadas de Odin para encontrar a sabedoria necessária para salvar o mundo, os feitos incríveis de Thor e seu martelo e as travessuras de Loki, o agente do bem e do mal, Padraic Colum reconta as sagas nórdicas revelando o tempo em que a magia, os poderes e as maravilhas fantásticas corriam pelo universo. Em Os filhos de Odin, descubra a origem das histórias de Odin, Thor e Loki, onde Asgard foi construída e o que estava escondido durante o Ragnarök, o Crepúsculo dos Deuses. As histórias que encantam a todos nós nos cinemas possuem um enredo ainda mais fascinante do que você imagina! Leia as maiores aventuras dos deuses nórdicos! A origem daqueles que ainda hoje nos surpreendem com sua força e seu poder! 


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Havia outro sol e outra lua; diferentes daqueles que vemos agora.”

RESENHA<<<
Quando pedi esse livro para leitura, o fiz por dois motivos:
1 – Conheço pouco da mitologia nórdica e queria aprender/conhecer mais;
2 – Queria conhecer outros autores que misturassem aventuras com mitologia.

Afinal, hoje em dia a grande referência é o Rick Riordan com seu mundo dos deuses gregos e uma pequena série falando dos deuses egípcios, mas acredito que por mais que as aventuras sejam um pouco semelhantes, essa mistura entre História e aventura deu super certo.

O primeiro item foi ok, mas o segundo item não aconteceu da forma esperada já que o livro não narra uma história e sim traz contos/fábulas/pedaços da história dos deuses de Asgard, contado em pequenos momentos e quando chegamos ao final do livro que entendemos melhor a mitologia. Na verdade, ele está mais para pegada de ‘Livro de Ouro da Mitologia’.

Não digo que isso foi ruim para leitura ou que os contos sejam ruins, foi diferente no início, a gente espera uma coisa e vem outra, mas fiquei animada em conhecer melhor os deuses nórdicos, suas relações de parentesco, como funciona a ideia de céu e inferno, a criação do mundo segundo os conceitos deles, o quem é quem.

A vantagem da história ser feita assim é o fato de serem ‘capítulos’ curtos e a gente acaba se empolgando mais e mais para ler e de repente já chega no fim e quer saber um pouco mais. Uma única coisa que senti falta foi uma espécie de ordem cronológica, alguns fatos foram colocados fora de ordem e isso confundia bastante. Acho que nesse ponto o autor poderia ter tido um cuidado maior, principalmente porque essa mitologia não é tão difundida assim.

Por não ser exatamente um livro de aventuras, não tem como analisar personagens e a história, por isso foco mais na questão de narrar as aventuras e lutas dos deuses, como mencionei antes, no ‘Livro de Ouro’, as coisas são muito truncadas e a leitura é difícil, já o mesmo não acontece aqui. O autor se preocupou em trazer tudo para uma linguagem mais simples e com isso todos conseguem entender sem achar cansativo e/ou chato.

Deixo essa indicação para quem quer conhecer mais da mitologia de Asgard e seus deuses, mas destaco que não é como nas aventuras de Percy ou outros livros de mitologia que temos por aí, onde um personagem personifica os deuses ou é parente dele, aqui é a história narrada de forma simples e clara.

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<

Share:

0 comentários