POISON BOOKS - Level 2 (Lenore Appelharns)

Em 02 janeiro 2015
Autor: Lenore Appelhans
Tradutor: Daniela Pires
Editora: LeYa
Série: Sim, livro 1 (série As Crônicas da Memória)
Temas: Jovem-Adulto, Ficção, Outros
SINOPSE - "Mas, então, eu morri. E agora não consigo dormir. Exceto, porém, quanto tenho acesso às memórias do meu sono. Você não acredita em quantas vezes vasculhei os dezessete anos e 364 dias de minha vida em busca daqueles raros e ininterruptos períodos de letargia, livres de pesadelos. Porque dormir é minha única e verdadeira pausa neste eterno carretel de lembranças, tanto as minhas como as que aluguei."
Desde sua morte prematura, Felicia Ward está presa no Level 2, uma espécie de limbo localizado entre a Terra e o Céu. Junto com seus companheiros, a garota passa horas intermináveis plugada em uma espécie de câmara, revivendo lembranças de seu tempo na Terra e lamentando o que perdeu: família, amigos e Neil, o garoto que amava. Até que uma menina é encontrada morta em uma câmara vizinha e somente Felicia lembra de sua existência.
Ao mesmo tempo, Julian, um cara perigosamente encantador que ela conheceu em vida, aparece para oferecer uma saída. É quando Felicia descobre a verdade: juntando-se à rebelião para derrubar os Morati, anjos guardiões do Level 2, ela poderá estar com Neil novamente. Suspensa entre o Céu e a Terra, Felicia se encontra no centro de uma luta secular entre o bem e o mal.
As lembranças de sua vida voltam para assombrá-la e, com os Morati a caçá-la, a garota vai descobrir que não é apenas a sua própria redenção que está em jogo... Mas a salvação de toda a humanidade..

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Vou dormir quando estiver morta.”

RESENHA<<<
A sinopse não te prepara para o que vamos encontrar em ‘Level 2’, porém, ficou e muito a desejar no quesito de exploração e continuação da informação. Tem coisas demais e história de menos e isso faz com que a gente chegue ao final achando que foi enrolado e que ou a sinopse não está em sintonia com o livro.

A protagonista está morta e sabemos disso logo no início, porém ela está situada em uma espécie de limbo e lá, ela não nos conta exatamente quanto tempo está por ali. Apenas que o local parece ser uma colmeia e ela e as amigas passam os dias revendo seus momentos felizes da vida na Terra.

Esses flashbacks são bacanas para sabermos sobre a vida da protagonista, porém eles são sempre artificiais demais e nunca são em sequência. Você fica sendo jogado de um lado para o outro e não entendo exatamente o porquê daquilo está sendo revelado. E mesmo no final do livro fiquei me perguntando porque determinadas passagens me foram contadas já que não tiveram ligação nenhuma com o que de fato acontecia no lugar.

Por isso a narrativa é bem lenta até a primeira metade do livro, apesar de intercalar capítulos no agora e os flashbacks, a narrativa não é envolvente e no agora, até de fato a ação começar a acontecer a história é levada em banho-maria, a autora jogou uma pitada de tudo, mas não evoluiu nada.

Os personagens são bem enigmáticos, mas nada além disso. São rasos e superficiais, pois não foram trabalhados, exceto a protagonista, mas a cada 10 páginas ela diz que tem um segredo e nunca fala nada. Por algumas passagens a gente começa a imaginar o que seja, porém iremos terminar esse livro sem saber o tal segredo (me diz porque a criatura tinha de falar dele a cada 10 páginas se não ia elaborar mais o assunto?) e também não vamos descobrir porque ela morreu.

O enredo é bem sem pé nem cabeça até a metade do livro. Mas depois a autora resolveu focar em algo que não é novidade, mas geralmente a gente sabe de antemão. Isso foi o único ponto bacana no meio disso tudo. A história realmente me surpreendeu quando ela mudou. Não que a narrativa tenha melhorado da água para o vinho, mas começou a tomar uma forma que antes não dava para entender no que ela ia seguir.

Não vou falar muito dessa reviravolta do enredo, pois é o suspense da coisa e seria muito injusta entregando esse spoiler/ponto positivo, mas falo que o gancho para o próximo e a estrutura da história precisa melhorar e muito para seguir por esse caminho.

>>>Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<