POISON BOOKS - A Biblioteca Perdida do Alquimista (Marcello Simoni)

Autor:  Marcello Simoni
Tradutor: Gilson César C. de Sousa
Editora: Novo Conceito
Série: Sim, livro 1 (série Ignazio de Toledo)
Temas: Adulto, Histórico, Alquimia, Ficção
SINOPSE - Primavera de 1227. A Rainha Branca de Castela desaparece de forma misteriosa. Estranhos rumores se espalham pelo reino e alguns falam de uma intervenção diabólica. A única pessoa que pode resolver o enigma é o mercador de relíquias Ignazio de Toledo, conhecedor de ciências herméticas e notável por sua capacidade de resolver mistérios antigos. Em Córdoba, onde Ignazio foi convocado, ele encontra um velho mestre, que fala de um livro que todos procuram e que pode dar pistas sobre o desaparecimento - o lendário Turba Philosophorum, um raro manuscrito atribuído a um discípulo de Pitágoras e que preserva o expediente alquímico mais cobiçado do mundo. Porém, no dia seguinte, o mestre é encontrado morto, envenenado. A busca de Ignazio começa imediatamente. O encontro, em seguida, com uma freira e um homem considerado por todos um possuído, conduz Ignazio ao castelo de Airagne e a um misterioso homem, o Conde de Nigredo. Nesse local se oculta um terrível segredo, mas não será fácil sair dali com vida depois que ele for descoberto...

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Ano de Nosso Senhor Jesus Cristo de 1227.”

RESENHA<<<
Sou uma fã de teorias da conspiração e sempre tento dar uma chance para livros que falem de coisas que ninguém tem muita certeza, como é o caso da alquimia, assunto tratado neste livro. Apesar de seguir uma linha diferente do que imaginei ao ler a sinopse, a história me agradou e me deixou interessada em conhecer seus detalhes.

O ponto forte do livro é toda a questão da história europeia, quem casou com quem e os motivos de tal união. Sabemos que por volta de 1000/1200, os casamentos eram por interesse, seja para ampliar reinos ou destruir/fortalecer nações. E apesar desse fato ser explicado no livro em alguns momentos, tive dificuldade de acompanhar todos os detalhes. Sou fã de história, mas esses casórios e o quem era quem da monarquia europeia sempre me passou desapercebido, por isso, esse é um ponto que vale ler com cautela e não se deixar ficar para trás quando achar que está perdido ou se perguntar porque tantas explanações sobre o assunto.

Apesar de termos muitos personagens na história que são mencionados, pois fazem alianças ou devem obediência a alguém, a história gira mesmo em torno de 3 personagens que vão em busca de um resgate que a princípio parece ser apenas para o bem do país, mas aos poucos percebemos que todos querem algo nesse tal resgate e as revelações vão acontecendo gradativamente, porém algumas explicações serão dadas apenas no final.

A narrativa é interessante, mas é um pouco mais difícil do que os livros YA que lemos, em alguns momentos se faz confusa, ora devido aos personagens mencionados, ora porque nem todas as explicações são dadas e também o interesse daquele capítulo em específico. Com isso o ritmo de leitura também varia bastante. De um modo geral, após você identificar as coisas a leitura começa a fluir de uma forma melhor.

Os personagens são muito interessantes, principalmente Toledo, as revelações e suas suposições sempre inteligentes e o autor colocou umas coisas de uma maneira fácil de entendimento, as suas explicações sobre a trama não parecem ser coisas sem pé nem cabeça, passam pelo plausível, como é um assunto cheio de controvérsia e reviravoltas, é algo onde tudo é possível.

Mas outros personagens que aparecem ao longo da trama, as vezes, possuem mais importância ou são muito úteis. Fiquem ligados em todos eles. Principalmente na realeza, pois algumas vezes seus nomes eram modificados por ‘apelidos’ e aí a gente pode se confundir e achar que é um personagem que ‘aparatou’ do nada.

Ahhh o livro faz parte de uma série, mas é daquelas onde o protagonista é repetido e em cada livro ele busca algo diferente. Não me senti perdida na história por ser o livro 2 (que só descobri depois), mas acredito que sobre o personagem principal no livro anterior deve ter mais informações, principalmente porque alguns personagens já são conhecidos dele e a explicação era bem justa. Mas nada que atrapalhe, dá para ler tranquilamente. Já que a história tem um início-meio-fim.

>>> Já conhece as outras redes sociais do blog? Clique e seja bem-vindo <<<

Share:

0 comentários