POISON BOOKS - Gelo (Kathryn James)

Em 15 outubro 2014

Autor: Kathryn James
Tradutor: Maria do Carmo Zanini
Editora: Farol Literário
Série: Sim, livro 2 (série Névoa)
Temas: Infanto-Juvenil, Elfos, Aventura, Magia
SINOPSE A névoa esconde alguma coisa bela como a luz das estrelas, feroz como um lobo, fria como o gelo. A floresta além da névoa é a casa dos Elfos e do belo e enigmático Evan. Nell se deixou seduzir por ele, mas o mundo dos Elfos está sendo devastado por terremotos, e somente Nell pode ajudar a salvá- lo. Para isso ela terá de ir muito além da floresta, onde um lago de gelo mortífero e um antigo inimigo a aguardam.


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Alguma coisa acordou Nell.”

RESENHA<<<
Mais uma série chega ao fim no blog, essa foi curtinha, pois apenas teve um livro antes, mas para conhecer os venenos do livro anterior, clique:

A continuação deste livro não é exatamente uma continuação, gostaria de chamar de uma nova aventura, porém com os mesmos personagens do livro anterior. Falo isso porque aqui o clima não é de uma continuação e sim, outra aventura que teve elementos ligados ao problema anterior. Mas isso não quer dizer que a história saiu do rumo ou a nova ideia tenha sido estranha/diferente, elas se complementam.

Os personagens, principalmente a protagonista, tiveram uma grande evolução. Antes ela era uma menina perdida e sem saber o que fazer, aqui, ela dominou a história e se mostrou um personagem de grande valor, enfrentando os obstáculos e não deixando de abater por qualquer coisa. Lembrando que este livro é infanto-juvenil e isso é o grande mote da história para os pequenos – vá atrás das coisas que sonha, deseja, etc. Pode ser meio clichê falar disso, mas é bom saber que os personagens passam por esses momentos e acabam nos incentivando a seguir em frente.

Há novos personagens, ligados ao tema ‘gelo’ e foram personagens interessantes e diferentes de antes, principalmente os irmãos Laki e Loki, sempre que eles estão presentes há de tudo um pouco; momentos insanos, coisas divertidas, tiradas engraçadinhas, ação e novas explicações sobre os elfos.

O enredo se manteve o mesmo do anterior, buscar/ajudar algo e/ou alguém, mas ele foi mais bem trabalhado, mais desenvolvido e um pouco mais interessante. Em alguns momentos a gente percebe que saiu da coisa ‘infanto’ e se encaminhando mais para o ‘juvenil’. A história teve uma melhora (termos gerais) significativa. Foi bom ver as coisas se desenrolando e evoluindo.

O final ficou um pouquinho em aberto, mas acredito que a história já tenha chegado ao fim. Vale lembrar que os protagonistas têm na faixa de 14 anos, por isso, a autora poderia fazer mil outras aventuras envolvendo uma humana e um elfo, mas sinto que a história se fechou aqui e caso fique se estendendo, a gente vai começar a se sentir enrolado.

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<