POISON SERIES - The Strain

Em 30 setembro 2014
Olha, 2014 será marcado como o ano onde mais filmes e séries de TVs vieram dos livros... Me pergunto, será que os roteiristas estão sem ideias? Ou eles descobriram esse filão e agora querem sugar até a alma? Porém, a série desse mês na verdade, foi escrita para ser uma série de TV e não uma série de livros, mas quem liga?rs. Se a série manter o mesmo clima de mistério e coisas medonhas que li, acho que a série será melhor que o livro (ops...).

Aliás, essa série já foi resenhada aqui no blog, confere o que achei dela:

Para saber mais:
Um boeing 777 chega no aeroporto JFK, em Nova York, e enquanto está a meio caminho de pousar, de repente para completamente. Todas as persianas são baixadas, e as luzes desligadas. Os canais de comunicação ficaram mudos, mas um alerta foi enviado ao Centro de Controle de Doenças (CDC). O Dr. Ephraim "Eph" Goodweather (Corey Stoll) recebe a chamada e embarca no avião. O que ele encontra faz seu sangue gelar. (fonte: Adoro Cinema)

Personagens Principais:
Corey Stoll >>> Dr. Ephraim Goodweather
David Bradley >>> Abraham Setrakian
Mía Maestro >>> Dra. Nora Martinez
Kevin Durand >>> Vasility Fet
Jonathan Hyde >>> Eldritch Palmer
Richard Sammel >>> Thomas Eichhorst
Natalie Brown >>> Kelly Goodweather
Ben Hyland >>> Zach Goodweather

Trailler da Série:


RESENHA<<<
Eu já sabia que essa série ia chegar, na verdade eu não sabia quando ela ia aparecer na TV e desde que começou, ela anda muito fiel ao livro. Ver todas as cenas e exatamente do mesmo jeito que foi narrado, é o grande mote e o diferencial, já que a gente não entende de cara o que exatamente está acontecendo.

No geral a ideia de vampiros e seres malignos de The Strain é completamente diferente do que já andou por aí, e o tom macabrinho e o desespero de não termos ideia exatamente do que está acontecendo é o que torna a trama instigante e até mesmo diferente, a gente fica se perguntando sobre os detalhes da história e quando mais informações irão surgir. Elas surgem galera, então muita calma nessa hora e vamos assistindo.

O diferencial é o jeito que as coisas nos são mostradas, a história se passa em NY nos dias de hoje, mas há uns flashbacks, que para mim ficaram melhores do que durante a minha leitura, ver com detalhes, cenas e atuação ajudaram a dar um clima de terror ainda melhor, essa é uma das séries que eu não assisto a noite kkkk.

A história nos mostra vários pontos da cidade e como diversas pessoas são afetadas, a história não é contada de forma linear como a gente está acostumada e isso pode ser um problema até a gente se acostumar. Mas acredito que se fosse diferente não ia dar o impacto que os autores pensaram.

Não sei como a série vai seguir, se será uma temporada para cada livro ou se irão misturar as coisas mais para frente. Até porque falando dos livros, comecei amando a série, mas aos poucos a série caiu para mim. Espero que o mesmo não aconteça na TV.

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<