POISON BOOKS - Sombras Radiantes (Melissa Marr)

Em 28 julho 2014

Autor: Melissa Marr
Tradutor: Maria Beatriz B. da Costa
Editora: Rocco
Série: Sim, livro 4 (série Wicked Lovely)
Temas: Jovem-Adulto, Magia, Fadas
SINOPSE: A jovem Aislin era uma garota normal – ou pelo menos ela pensava que sim – até ser escolhida pelo sedutor e perigoso Keenan para ser a Rainha do Verão e ingressar num mundo repleto de encantamento e perigos. A saga de Aislin conduz a série de sucesso internacional Wicked Lovely, de Melissa Marr, que depois de Terrível encanto, Tinta perigosa e Frágil eternidade chega agora ao quarto volume. Em Sombras radiantes, um segredo capaz de mudar os planos da Corte e o futuro de todos os seres encantados está prestes a ser revelado. Fantasia, romance e suspense aguardam os leitores em mais um capítulo deste surpreendente conto de fadas do século XXI.


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Devlin permaneceu imóvel enquanto a garota espectral se aproximava.”

RESENHA<<<
Eis que chegamos ao livro 4 da série Wicked Lovely, para conhecer os anteriores, acesse:

A autora seguiu um caminho diferente do que eu queria ao terminar Frágil Eternidade, por isso o livro me decepcionou um pouquinho, mas com relação à história, toda a estrutura das cortes e claro, as conspirações, ele foi melhor do que alguns outros da série.

Porque eu fiquei chateada? Resumindo a história sem dar spoiler, no livro 1 temos a Ash e conhecemos a Corte do Verão, junto com Keenan e Seth, no 2 mudou de rumo e conhecemos a Corte Sombria, no 3 voltamos as Cortes do Verão/Inverno e também bastante da Alta Corte e agora no 4, ficamos entre as Cortes Sombria e Alta Corte, e tipo eu queria muito que voltasse os mimimis da Ash + Seth + Keenan, porque muitas coisas loucas envolvendo humanos e seres encantados aconteceram e achei que ela fosse aprofundar isso =/

Porém, ela investiu em uma nova história, na verdade deu mais destaque em um dos personagens que já apareceu, mas tinha papel pequeno. E apesar do personagem até ser interessante e a história ter bastante ação, não era exatamente isso que queria ler agora...rs

“O amor nos deixa tolos.
Ele nos faz jogar fora cada pedaço de lógica,
fazer coisas estúpidas, perigosas.”

Os personagens apresentados são interessantes, Devlin e Ani são diferentes, mas ao mesmo tempo muito iguais, já que não parecem fazer parte completamente do mundo mortal e nem do encantando. A história deles é complicada, cada um a sua maneira, mas ao se unirem, suas vidas se transformam em algo intenso. Principalmente porque nenhuma das Cortes anda muito bem e todas parecem querer algum tipo de motivo para criar a discórdia.

A história está bem eletrizantes, cenas de ação, aventura, apreensão e pitadas de sensualidade permeiam o livro. Ele é bem mais intenso que os outros. Talvez por se focarem mais nos seres encantados/problemas com humanos. Aqui a autora aposta colocar todo mundo no jogo e deixar o leitor escolher quem ele acha que deve torcer.

Apesar de ser um livro vibrante, me senti um pouco perdida, pois são mais linhas de mistérios e informações abertas, apesar de curtir um mistério, odeio ficar com a sensação de que as pontas nunca se fecham e mais coisas são acrescentadas à mistura e esse livro ter saído da tangente me fez sentir assim.

Vamos ver o que o final da série vai trazer. Espero que fechem todas as pontas, mas seja tão vibrante e sedutor quanto esse.

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<