POISON BOOKS - Amante Finalmente (J. R. Ward)

Em 24 julho 2014

Autor: J. R. Ward
Tradutor: Cristina Tognelli
Editora: Universo dos Livros
Série: Sim, livro 11 (série Irmandade da Adaga Negra)
Temas: Adulto, Hot, Vampiros, Relacionamentos
SINOPSE: Qhuinn está acostumado à solidão. Repudiado por sua linhagem e evitado pela aristocracia, ele finalmente encontrou uma identidade como um dos lutadores mais brutais na guerra contra a Sociedade Redutora. Mas sua vida não está completa. Mesmo que a perspectiva de ter uma família esteja ao seu alcance, ele está vazio por dentro, com o coração entregue a outra pessoa... Blay, depois de anos de amor não correspondido, acredita já ter superado Qhuinn. E já era hora: o homem parece ter encontrado o seu par ideal em uma fêmea Escolhida, e eles terão um filho, exatamente como Qhuinn sempre quis. O destino parece ter levado a vida desses vampiros soldados em direções diferentes... Mas a batalha pela liderança da raça se intensifica, e os novos jogadores na cena de Caldwell estão criando um perigo mortal para a Irmandade. Qhuinn finalmente descobre a verdadeira definição de coragem, e os dois corações que estão destinados a ficar juntos... finalmente se tornam um.


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Qhuinn, filho de Lohstrong, entrou na casa da família passando pela imponente porta da frente.”

RESENHA<<<
Livro 11 da Irmandade da Adaga Negra, quer conhecer um pouco dos outros? Acesse:
Livro 1 – Amante Sombrio
Livro 2 – Amante Eterno
Livro 3 – Amante Desperto
Livro 4 – Amante Revelado
Livro 5 – Amante Liberto
Livro 6 – Amante Consagrado
Livro 7 – Amante Vingado
Livro 8 – Amante Meu
Livro 9 – Amante Libertada
Livro 10 – Amante Renascido

Quando esse livro saiu, eu muito queria saber o que de fato iria acontecer com Blay e o Qhuinn, por isso fiz uma leitura ‘em passant’ onde li apenas as partes que eles apareciam e achei que a autora foi ousada e colocou as coisas do jeito que os fãs da Irmandade queriam que terminasse entre eles. Mas depois lendo a história toda em português percebo que a história criada pela autora está começando a dar muitas voltas.

Geralmente cada livro da IAN fala de um casal e como eles lutam para ficar juntos (ou não), alguns a gente acompanha há tempos até ganhar seu próprio livro, outros a gente espera que ganhe mais detalhes mais na frente. Porém, no meio de tudo isso tem a Sociedade Redutora que ora aparece como destaque e ora fica apagada e não sabemos aonde foi parar.

Como tinha bastante tempo que tinha lido o livro 10 da série, tinha me esquecido de alguns personagens e suas funções, principalmente os vilões que estão mudando tanto e realmente está ficando confuso de acompanhar. Acho que a história da luta da Irmandade com a Sociedade e afins não anda evoluindo tão bem quanto deveria. Parece que nada novo surge ali.

Não vou falar do Blay e Qhuinn, quem acompanha a série sabe de tudo que rola entre eles (ou não), mas já digo que tem muitos momentos tensos, brigas, confusões, lutas... bem ao estilo da IAN mesmo. Apesar de alguns livros (muitos, mas não tão famosos por aqui) falaram de ménages, relacionamentos homossexuais e com mais de um parceiro, geralmente os autores evitam essa polemica em séries de grande sucesso. Mas a autora ouviu seus fãs e deu o que eles queriam, talvez seja por isso que mesmo enrolada a série tem tantos seguidores e todos morram a cada vez que um livro/imagem é anunciado.

Mas apesar de tudo sigo na série porque gosto de saber como as coisas vão se ajeitar, mas confesso que os livros estão enormes, com muitas histórias paralelas, informações desnecessárias e às vezes um desenrolar confuso. As cenas de sexo têm momentos que são bem descritas e detalhadas de forma bacanas, em outros casos é tudo muito jogado. Acho que esse aqui só valeu mesmo para saber sobre Blay e Qhuinn.

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<