POISON BOOKS - O Segredo da Floresta do Pânico (Gillian Summers)

Em 23 maio 2014

Autor: Gillian Summers
Tradutor: Flávia Carneiro Anderson
Editora: Bertrand
Série: Sim, livro 3 (série Povo das Árvores)
Temas: Jovem-Adulto, Elfos, Sobrenatural
SINOPSE: Após praticamente derrotar um elfo diabólico, Keelie Heartwood se junta com relutância a seu pai na Floresta do Pânico. Seus amigos “reais” se foram, seu pai está ocupado com as novas responsabilidades como Senhor da Floresta, e o recente romance dela com o sedutor Sean está em crise.
Enquanto isso, uma antiga questão, importante para a família de Keelie, atinge um perigoso ápice quando humanos e forças mágicas das trevas invadem o mundo encantado dos elfos.
Agora, neste surpreendente desfecho da trilogia O Povo das Árvores, mais do que nunca o destino da Floresta do Pânico e de todos aqueles que nela habitam está nas mãos de Keelie.


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Keelie Heartwood corria a passos largos, movimentando os braços rapidamente; os pulmões comprimidos pelo medo que ameaçava impedi-la de continuar.”

RESENHA<<<
Último livro da trilogia ‘O Povo da Floresta’, para conhecer os anteriores, clique:

Esse livro teve uma coisa diferente dos anteriores, geralmente a história demora a engrenar, mas aqui não, os acontecimentos começaram bem rápido e isso fez o livro ser bem mais dinâmico que os anteriores, teve muito mais ação e uma melhor explicação da história que antes.

A personagem Keelie não está cheia de mimimi como antes, ela realmente cresceu e começou a entender que ela é diferente. Isso poderia ter acontecido antes e a gente poderia já ter morrido de amores pela Keelie bem antes. Mas o lado amoroso da história foi pouco explorado.

Apesar de esse livro ser um dos menores da série e ele nem ter tantas reviravoltas como pensei que teria ou explicações mais elaboradas, achei que foi um bom livro, ele tá bem coeso. Talvez os anteriores tenha tido muita enrolação e por isso achei que esse livro se destacou mais. Talvez seja porque temos um novo personagem interessante e que fez a história te rum outro ritmo.

O que me deixou espantada foi que a série não tem aquele final. sabe, falta um ~ FIM ~, aí fui buscar mais informações sobre a autora e descobri que tem uma série depois, onde o nome da Keelie aparece, não sei se é exatamente uma continuação, mas explica porque senti falta dessa finalização mais marcada. Agora é torcer para a editora continuar a trazer a saga.

A série da autora é algo bem lúdico e bonito de ler, o mundo que ela misturou de elfos e feiras da renascença (que eu juro que não sabia que isso existia de fato), foi uma boa combinação e surtiu o efeito desejado.

Indico a série para os fãs de fadas/elfos e curtem algo mais suave, ele é bem light em relação à outras coisas que já li. Não há mil coisas mirabolantes, mas a medida que a série passa a autora consegue tornar sua história mais interessante. E uma vantagem, geralmente são apenas trilogias e não séries infinitas.

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<