POISON BOOKS - Êxtase (Nicole Jordan)

Em 12 maio 2014

Autor: Nicole Jordan
Tradutor: Júlio de Andrade Filho
Editora: Essência
Série: Sim, livro 4 (série Notórious)
Temas: Hot, Romance de Época, Comportamento, Sociedade
SINOPSE: Depois de ver seu amor definhar por causa de um amor perdido, Raven Kendrick jurou nunca entregar seu coração. Mas quando sua vida se transforma em um escândalo, ela é forçada a aceitar uma proposta de casamento do sensual prorietário da casa de jogos mais conhecida de Londres. Embora fortemente atraída por seu enigmático salvador, Raven luta para resistir ao marido, cujas carícias prometem um êxtase além de suas fantasias mais selvagens. Para salvar a reputação da inocente jovem, Kell Lasseter se vê obrigado a sacrificar sua liberdade casando-se com a deslumbrante garota, uma vez que o irmão dele foi o causador da ruina de Raven. Desprezado por seu sangue irlândes e seu passado obscuro, Kell não pode negar que essa mulher geniosa e encantadora é diferente de todas as outras que já conheceu... Assim como não pode reprimir o desejo ardente que sente por ela. Dividido entre a lealdade para com o irmão e seus sentimentos crescentes por sua noiva rebelde, Kell precisa libertar o coração relutante de Raven de alguma forma, para que eles possam conhecer o êxtase do verdadeiro amor.


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Ele surgiu nu da espuma, com o corpo molhado e musculoso brilhando sob o sol do Caribe.”

RESENHA<<<
Eu não sei bem onde enquadrar esse livro, talvez o mais apropriado seja em ‘Romance de Época’, porém acho que ele está muito saidinho para essa vibe, mas claro que não chega a nada do gênero hot/erótico. Talvez a autora devesse ter optado por outra abordagem em sua história, que foi bem previsível.

Para algo passado por volta de 1800, a protagonista tem cadernos sexys demais com fantasias e descrições detalhadas, o que eu acho que naquela época não seria algo que uma moça de família teria acesso. Não sou puritana, mas quando a gente escolhe uma época também é necessário se atentar a esses detalhes, o que muitas vezes pode alavancar ou fazer uma história ir ladeira abaixo.

Talvez ela tenha pretendido fazer a protagonista uma mocinha forte, mas ela não é bem isso, ela até tenta, mas meio que morre na praia. Ela seria uma moça normal e um pouco prafrentex em 1900/1950, mas ali achei que ela ficou em cima do muro e não soube aproveitar de fato o ‘sexy’ que tinha nas mãos.

O protagonista masculino não me agradou muito, sei lá, geralmente eu acabo curtindo os meio cafajestes, mas esse afff, acho que se passasse do meu lado nem ia saber quem era, ele não nos faz gritar e pensar, AiMeuDeusQueroElePraMim, então não vim muita química entre os protagonistas.

Esperava mais dos bafafás e afins da Sociedade, aquele climão de se apresentar, ficar apreensiva e o desenrolar da história, aqui a coisa já começa muito depois, então acho que faltou a gente conhecer mais os personagens para escolher lados e ter seu preferido.

As coisas são muito previsíveis, isso deixou o livro bem morno, esperava mais, já que a mocinha tinha um caderno com fantasias e ‘contos eróticos’, imaginei que essa parte ia ser caliente, mas nada foi sem graça e repetitiva.

A leitura é bem rápida, simples e sem muito floreio ou enrolação, acho que foi simples demais, por isso o livro tenha passado meio despercebido.

>>> E sim, é uma série, na verdade esse é o livro 4, mas é daqueles livros onde cada livro tem protagonistas diferentes, então, li a história compreendendo totalmente, afinal, ele possui começo-meio-fim. E acredito que nessa série a ordem dos fatores (leitura), não vai alterar o produto.

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<