POISON BOOKS - Entre o Agora e o Sempre (J. A. Redmerski)

Em 09 maio 2014

Autor: J. A. Redmerski
Tradutor: Michele Vartuli
Editora: Suma de Letras
Série: Sim, livro 2 (série Entre o Agora e o Nunca)
Temas: Relacionamento, Novo Adulto, Road Trip 
SINOPSE: Camryn Bennett e Andrew Parrish nunca foram tão felizes. Cinco meses depois de se conhecerem num ônibus interestadual, os dois estão noivos e prestes a ter um bebê. Nervosa, mas empolgada, Camryn mal pode esperar para viver o resto de sua vida com Andrew, o homem que ela sabe que vai amá-la para sempre. O futuro só lhes reserva felicidade... até que uma tragédia os surpreende. Andrew não consegue entender como algo tão terrivelmente triste pôde acontecer. Ele tenta superar o trauma — e acredita que Camryn esteja fazendo o mesmo. Mas, quando descobre que Camryn busca sufocar uma dor imensa de uma forma perigosa, fará de tudo para salvá-la. Determinado a provar que o amor dos dois é indestrutível, Andrew decide levar Camryn numa nova jornada carregada de esperança e paixão. O mais difícil será convencê-la a ir junto... Com Entre o agora e o sempre, a aguardada continuação de Entre o agora e o nunca, J. A. Redmerski concluiu a história de amor que encantou milhares de leitores.


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Alguns meses atrás, quando eu estava deitado naquela cama de hospital, não achava que estaria vivo hoje, muito menos esperando um bebê e noivo de um anjo de boca suja.”

RESENHA<<<
Continuação de ‘Entre o Agora e o Nunca’, clique aqui para ler os venenos sobre o livro anterior.

Meu maior medo ao ler o livro anterior era, porque fazer uma série, sendo que não precisava e onde ela ia estragar a ótima ideia que o livro tinha. Durante muitos meses fiquei com aquela sensação de que poderia estar sendo pessimista, mas após terminar a leitura do segundo livro da série, tenho que dizer que estava com a razão, ao criar uma continuação que não precisava ela estragou uma linda história, porque tudo de bacana no livro um, foi por água abaixo nesse.

A palavra-chave desse livro é EXCESSO. E isso que pecou e muito, era tudo muito 8 ou 80, e vocês sabem que tudo demais ou de menos acaba enjoando ou nos fazendo deixar de lado.

Sabe qual foi a sensação que tive ao terminar de ler o livro? Que a autora queria colocar todos os mimimis, detalhes intermináveis e coisas que não cabiam naquele (graças a Deus), aí ela escreveu esse segundo incluindo tudo isso, ou seja, apesar dele ser uma coisa após, ele tem cara de ser repetitivo, estamos revendo as mesmas coisas, só que mais chato e mais irritante e às vezes sem pé nem cabeça.

A autora tinha algo muito legal que poucos da vibe New Adult pecam, afinal eles sempre focam em algo sexual (a protagonista sofre algum abuso, ou coisa do gênero) e nesse não, ela se desligou dos temas comuns, ela ousou, mas quando voltamos para estrada, tudo que ela abriu mão antes, ela fez questão de colocar, aí sua história única e bem diferente caiu na mesmice e lugar comum dos outros livros do gênero.

O amor de Andrew e da Cam, ficou pegajoso, entendo que quando estamos apaixonados a gente enxerga tudo nas lentes cor-de-rosa do amor, mas nossa, tudo também tem limites, antes achava os dois muito legais, ela por largar tudo e ir pensar o que queria da vida, ele por fugir de algo incurável, mas aqui eles se perderam neles mesmos e ficaram de tanto amor e ‘eu faço tudo que você quiser’ que me irritou e muito a ponto de passar a odiar os dois. Parecia que ninguém mais tinha amor próprio.

Acho que o pior do livro foi a retomada para estrada, porque ao invés de dar uma cara de algo novo, parecia que estávamos lendo a mesma coisa de antes, só que agora eles não eram mais estranhos, mas toda hora faziam referencias ao passado. Queriam se agarrar a algo e ficavam insistindo, aí a gente fica com a impressão de que esse livro é as ‘sobras’ das cenas do outro que ela colocou aqui.

Outra coisa irritante foi o tanto de cenas de sexo que a autora colocou, vocês sabem que eu não sou puritana, mas gente todo capitulo tinha altas cenas de sexo, até me perguntei se não errei o livro e era um Hot, porque só isso ia justificar a páginas e páginas de sexo do casal. Parece até que nunca tinham feito isso na vida.

O final do livro apesar de ser clichê foi exatamente o que esperava encontrar nas páginas do primeiro, imagina minha frustação ao ter de esperar mais um livro para ler ao que já sabia que aconteceria antes? Estava bem na cara que seria daquele jeito, talvez um pouco mais floreado e confesso que não esperava o epílogo, mas exatamente o que achei que fosse e não a surpresa de ser um gancho curtinho para esse livro.

Infelizmente continuo com o meu pensamento, livro da vibe New Adult não deve ter continuação, geralmente elas acabam estragando uma história bacana, pois os mesmos sempre vêm cheios de mimimis e dramas em excesso.

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<