SERIES || Series Abandonadas

Você já tentou começar uma nova série e simplesmente não deu? 
Seja porque os personagens não te agradaram, a história não foi tudo isso ou simplesmente você viu que aquilo estava te dando mais sono do que o normal? 

É, eu também me sinto assim as vezes e o pior que eu ando muito sem paciência para séries, então as de 40 minutos precisam ter uma história muito incrível para me prender, senão a chance de eu dar ‘au revoir’ é enorme... e esse mês eu falo das séries que eu abandonei.

Começarei por ordem alfabética para não ser injusto com ninguém, além do mais as séries aqui são bem diversificadas em seus gêneros/temas, elas não conseguiram me prender e ainda acho que algumas delas não devem durar mais do que uma temporada... vamos lá:

*Almost HumanAlmost Human é a nova série de J.J. Abrams (Lost, Fringe) e J.H. Wyman (Fringe). A série é um drama situado no ano de 2048, período no qual a polícia de Los Angeles trabalha ao lado de andróides. O policial humano John Kennex (Karl Urban, dos filmes de Jornada nas Estrelas) é um deles. O parceiro de John é o andróide Dorian (Michael Ealy, de Common Law), que compreende melhor os sentimentos humanos que seu colega. A dupla está sob o comando da Capitã Maldonado (Lily Taylor, de Six Feet Under), uma mulher determinada a deixar sua marca, se sacrificando pelo bem maior.

Essa vibe homem e robô precisa ser muito bem trabalhada, já tivemos tantos filmes, livros e até séries retratando isso que dependendo do caminho que toma, fica parecendo cópia (pobre) de algo que já assistimos e fica aquela sensação, ‘isso não é parecido com aquilo?’

Não consegui me encantar com os personagens, achei o policial chato e com o mesmo dilema de sempre nesse mundo de interação homem-máquina, mas acho que o pior foi o robô, sério, tudo me irritou no personagem, o jeitinho de ‘lição de moral’, o blábláblá forçado. O personagem/ator em si. Teve um momento que o policial fala para ele calar a boca e eu totalmente concordei, por mim ele nunca mais falaria na série e quem sabe me fizesse continuar, mas quando a história, personagens e o ritmo do seriado (lento toda via) não te agradam fica difícil seguir em frente.

*Black SailsCriada por Jon Steinberg (Jericho, Human Target) e Robert Levine (Touch), com produção de Michael Bay, a série é estrelada por Toby Stephens (Vexed), filho da atriz Maggie Smith. A série apresenta as aventuras do Capitão Flint, personagem do livro A Ilha do Tesouro, de Robert Louis Stevenson. Situada vinte anos antes dos eventos retratados no livro, a história apresenta Flint e seu jovem aprendiz John Silver (Luke Arnold) vivendo na ilha de Nova Providência, um lugar que abriga ladrões, assassinos, prostitutas, piratas e caçadores de fortuna. No comando do Walrus, Flint e sua tripulação ‘navegam pelos sete mares’ em busca de riquezas.

Piratas! Homens ao mar! Pilhagem!
Estava empolgada para essa série, mas foi outra que parece ser uma costura dos mil mundos de aventura que já lemos e assistimos em filmes com piratas, a coisa ficou forçada, muitos personagens aleatórios e a história geral ficou perdida e eu fiquei sem paciência para saber se poderiam escolher uma única história e trabalharam nela.

Sempre que penso em piratas me vem à mente Jack Sparrow, toa aquela magia, mistério e ação, aliás, ação em filme/série de pirata é o que não pode faltar e no primeiro episódio, foi tanta falação, que me senti no meio de alguma corte ou discursos elegantes e elaborados. Tudo bem que piratas não são idiotas, mas faltou emoção e mais espírito pirata na série.

*Ravenswood

Criada por Marlene King, Oliver Goldstick e Joseph Dougherty, a série é situada em Ravenswood, cidade próxima à Rosewood, onde a história de Pretty Little Liars ocorre. Vivendo há gerações sob uma terrível maldição, a cidade recebe cinco estranhos que começam a investigar a história de Ravenswood e seus mistérios, em busca de uma forma de quebrar a maldição e salvar suas vidas.
Um spin-off de Pretty Little Liars, já foi difícil aguentar essas quarto garotas burras em duas temporadas (as filhas caem nas mesmas coisas sempre!!!!), aí você muda de cidade e vai ser a mesma vibe com personagens diferentes? O episódio inicial foi tão chato que dormi e para assisti-lo completo tive que fazer aos poucos.
Nem preciso comentar que spin-off de série, precisa ser melhor/mais interessante que a série original, né?

*Star-CrossedNa linha de Roswell, alienígenas com aparência humana chegam à Terra. Depois de passar dez anos como prisioneiros em um campo mantido pelas autoridades, nove dos alienígenas conseguem escapar. Eles se escondem em uma área do subúrbio onde passam a conviver com terráqueos em uma escola. A situação se complica quando Emery (Aimee Teegarden), uma jovem humana, se apaixona por Roman (Matt Lanter, de 90210), um dos alienígenas.
No elenco também estão Titus Makin Jr. como o melhor amigo de Emery; Grey Damon (Friday Night Lights), como Grayson, que é apaixonado por Emery; Natalie Hall (Pretty Little Liars), como a humana Taylor, a rainha da escola, que se interessa por Roman; e Malese Jow como Julia, uma jovem doente que já tinha perdido as esperanças de se curar. Com os alienígenas, ela poderá ter uma segunda chance de vida.
Me prometeram aliens estilo Roswell e sei lá, me apareceu a Elena de Diários do Vampiro sendo disputada por aliens e humanos, sério, a protagonista é a cara da Nina Dobrev (a Elena em DdV) por um momento achei que fosse ela ou uma irmã, achei a série tão bobinha... sacanearam com os aliens tadinhos...

Para algo no futuro, que cabelos são aqueles? Roupas? Jeitos? Deus me livre de um futuro tão ruim como aquele que está sendo retratado na TV. Esse drama adolescente já deu, porque os roteiristas não investem em coisas mais interessantes? Eu sei que eles são capazes e criativos. Mudar o cenário de – meninos disputando a líder de torcida para vampiros, ou pessoas com poderes especiais, ou aliens é tudo a mesma coisa...

Essas são as séries que foram para o limbo das séries, eu juro, tentei dar uma chance mais não deu, nada de ficar assistindo série meia boca né? No próximo mês eu volto com coisas mais legais... e sobre essas séries... assistam ao piloto, mas é por conta e risco de vocês...rs

Share:

0 comentários