POISON BOOKS - Fênix: A Ilha (John Dixon)


Autor: John Dixon
Tradutor: Camila Fernandes
Editora: Novo Conceito
Série: Sem informação
Temas: Jovem-Adulto, Luta, Sobrevivência, Ficção Científica
SINOPSE: Sem telefone. Sem sms. Sem e-mail. Sem TV. Sem internet. Sem saída. Bem-vindo a Fênix: A Ilha. Na teoria, ela é um campo de treinamento para adolescentes problemáticos. Porém, os segredos da ilha e sua floresta são tão vastos quanto mortais. Carl Freeman sempre defendeu os excluídos e sempre enfrentou, com boa vontade, os valentões. Mas o que acontece quando você é o excluído e o poder está com aqueles que são perversos?


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Usando um macacão azul de tecido rijo e algemas, Carl sentou-se com o semblante inexpressivo e esperou para ver o que fariam com ele dessa vez.”

RESENHA<<<
A alta expectativa sempre é um grande problema né? Porque você fica esperando demais daquele livro/filme/série e quando começa a ler ou assistir, sua reação começa a ir ladeira abaixo e depois você só fica se perguntando, porque que eu quis tanto mesmo isso?

Fênix: A Ilha me causou esse tipo de sentimento, esperava muito mais do que o livro me mostrou e a medida que ia lendo, minha vontade era de abandoná-lo (o que deveria ter feito), mas por uma birra continuei até o fim e o que li não me agradou.

A ideia de uma ilha no meio do nada com uma espécie de acampamento militar não era o que eu tinha em mente ao começar a ler, as constantes brigas entre os adolescentes problemáticos e a teoria de ‘vamos quebrar a pessoas até ela não aguentar mais’ é muito prisão para o meu gosto. Essa luta constante para nada, porque as pessoas não brigavam para fugir dali e sim para serem ‘os tais’, surtiu em mim o efeito oposto, o de querer largar logo o livro.

A leitura é bem arrastada e a história demora a se desenvolver, na verdade só depois do meio do livro é que começamos a entender que a Ilha esconde alguns segredos sombrios, mas o que exatamente são esses segredos, eles só são revelados quase no final do mesmo. E quando foram revelados e seus acontecimentos foram tão decepcionantes, não entendi exatamente o que o autor pretende fazer em sua sequencia, mas o fato é que precisa melhorar e muito.

No #ResumoDoPoison eu acabei me enrolando e não lembrava se era ou não de uma série de TV, sim, o livro inspirou a série Intelligence e te falar, se for o que li, quero passar longe do seriado, definitivamente esse tema de guerra, lutas sem sentido e tudo que se tira dessa ideia não é para minha pessoa.

Na contra capa há milhares de elogios ao livro, mas sendo sincera, as palavras que o descrevem são: enredo fraco, muita enrolação, alguma previsibilidade e ação apenas nas lutas (fora disso era mais parado que mar sem brisa).

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<

Share:

0 comentários