POISON BOOKS - O Rei Fugitivo (Jennifer A. Nielsen)


Autor: Jennifer A. Nielsen
Tradutor: Fal Azevedo
Editora: Verus
Série: Sim, livro 2 (série Trilogia do Reino)
Temas: Jovem-Adulto, Reinos, Lutas, Comportamento
SINOPSE Algumas semanas após Jaron assumir o trono de Carthya, uma tentativa de assassinato o leva a uma situação mortal. Rumores de uma guerra iminente atravessam as muralhas do castelo, e Jaron sente a pressão aumentar. Logo fica claro que abandonar o reino pode ser sua única esperança de salvá-lo. Conforme suas aventuras o levam a territórios desconhecidos e perigosos, Jaron precisa aprender a distinguir os amigos dos inimigos e decidir em quem ele pode confiar - se é que pode confiar em alguém. Mas, quanto mais Jaron é forçado a fugir de sua verdadeira identidade, mais ele se pergunta se está indo longe demais. Será que algum dia ele poderá voltar para casa? Ou terá que sacrificar a própria vida para salvar o reino?


>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“Cheguei cedo ao meu próprio assassinato.”

RESENHA<<<
Livro dois da série A TRILOGIA DO REINO, para conhecer um pouco mais do anterior, clique:

No livro anterior, acho que uma das poucas coisas que eu tinha salvado, tinha sido o fato de o personagem principal ser meio sarcástico e me lembrar de Jace de Instrumentos Mortais e um queridinho meu. Mas fora isso, a história não parecia se encaixar com o que estava sendo prometido na sinopse e nem foi tão empolgante.

Eis que volto para um segundo livro mais chato que o anterior, depois dos acontecimentos do mesmo, estava até um pouco ansiosa e torcendo para que finalmente a maré fosse mudar e a autora investisse nas coisas do palácio, inimigos, mistérios e afins... Ok, eu não resisto a Teorias de Conspiração e pessoas querendo matar a família real, é um fraco meu, mas por tudo que foi contado antes, acreditava que esse seria o rumo da coisa, mas não. Tivemos um garoto bobo querendo bancar o mártir =/

Neste livro esqueça tudo que falei acima – as teorias de conspiração – Sage fica o tempo todo se escondendo e meio que querendo fazer justiça com as próprias mãos, o que seria legal se fosse em outro contexto. A autora deixou tanta coisa de lado para se concentrar nessa ‘fuga’ que achei o livro bem monótono e em muitos momentos previsível. [de novo]

A autora até colocou bons personagens na trama, mas infelizmente ela não focou neles ou no que estavam fazendo, então só sabemos de suas intenções (boas e ruins) quando chegamos aos capítulos finais e certas coisas vão sendo reveladas, deu dó, porque depois que li algumas intenções acredito que se a autora tivesse mantido o personagem no castelo e não nessa fuga louca, a gente poderia ter tido uma ótima história.

O final da série chega com o próximo livro e não faço a mínima ideia do que devo esperar =/

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<

Share:

0 comentários