POISON BOOKS - Feitiço (Sarah Pinborough)

Em 10 fevereiro 2014

Autor: Sarah Pinborough
Tradutor: Edmundo Barreiros
Editora: Única
Série: Sim, livro 2 (série Encantadas)
Temas: Adulto, Contos de Fadas, Magia
SINOPSE Cuidado com o que você deseja! Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos! Você se lembra da história da Cinderela, com sua linda fada madrinha, suas irmãs feias e um príncipe encantado? Então esqueça essa história, pois nesta releitura de Sarah Pinborough ninguém é o que parece. Em um reino próximo, a realeza anuncia um baile que encontrará uma noiva para o príncipe e parece que o desejo de Cinderela irá ganhar aliados peculiares para ser realizado. Contudo, não será fácil: ela não é a aposta de sua família para esse casamento real, e sua fada madrinha precisa de um favorzinho em troca de transformar essa pobre coitada em uma diva real. Enquanto isso, parece que Lilith não está muito contente com os últimos acontecimentos e, ao mesmo tempo em que seu reino parece sucumbir ao frio, ela resolve usar sua magia para satisfazer suas vontades. Feitiço é o segundo volume da trilogia iniciada com Veneno, um best-seller inglês clássico e moderno ao mesmo tempo em que recria as personagens mais famosas dos irmãos Grimm com personalidade forte, uma queda por aventuras e, eventualmente, uma sina por encrencas. Princesas, rainhas, reis, caçadores e criaturas da floresta: não acredite na inocência de nenhum deles! Palavra da editora: Nada é o que parece no segundo volume da saga encantadas! Em Feitiço, Cinderela, com seu desejo desmensurado de fazer parte da realeza, fará qualquer coisa para obter atenção do príncipe. Mas seria mesmo este um final feliz?



>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“O inverno tinha chegado cedo.”

RESENHA<<<
Mais um livro da série Encantadas, para conhecer os venenos sobre o anterior, clique:

Adoro as piadinhas que o nome do blog gera...rs

Em Veneno eu achei a ideia de recriar a história dos contos de fadas meio clichê, não que isso não tenha sido feito, mas nessa série foi tão repetitivo e sem graça, que não entendi o porquê do oba-oba, mas a continuação – Feitiço, a autora estava inspirada e vai surpreender os fãs.

O livro fala da Cinderela, mas ao contrário das histórias contadas a autora já muda a da pequena gata borralheira, o pai não morreu, a mãe não era lá essa flor toda e as irmãs não são tão ruins assim. Mas ela é invejosa, menininha má e isso já foi uma coisa bacana para dar um sacode no mundo dos contos de fadas.

Nesse livro, autora foi ousada, desmontou personagens, colocou outros, mexeu aqui e ali e fez sua história fluir de uma forma muito mais legal e interessante que o livro anterior. A base da história permanece a mesma, mas ela conseguiu o algo a mais que ficou faltando antes, o momento do baile foi interessante, a fada madrinha. Ela chega até a ousar e nos contar um pouquinho do que acontece depois que o príncipe acha o sapatinho de cristal, e não, não é o felizes para sempre.

Aqui ela mexeu no final, aliás, o final foi uma grande reviravolta, com direito a mudança de pares, personagens do livro anterior aparecerem e nos ‘chocar’ um cadim e nos deixar um gostinho de ‘meu mundinho ficou abalado’, de uma forma bacana, inovadora e que com certeza poucas pessoas esperavam, eu não esperava nada disso.

Agora ficamos a espera de Poder, o final da saga.

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<