POISON BOOKS - A Queda dos Cinco (Pittacus Lore)

Em 22 janeiro 2014

Autor: Pittacus Lore
Tradutor: Joana Faro
Editora: Intrínseca
Série: Sim, livro 4 (série Os Legados de Lorien)
Temas: Jovem-Adulto, Aliens, Sobrevivência
SINOPSE John Smith, o Número Quatro, achou que tudo seria diferente quando os lorienos se juntassem. Eles parariam de fugir. Lutariam contra os mogadorianos. E venceriam. Mas Quatro estava errado. Depois de enfrentarem Setrákus Ra e quase serem dizimados, os membros da Garde reconhecem que estão despreparados e em minoria. Escondidos na cobertura de Nove, em Chicago, eles planejam os próximos passos. Os seis são poderosos, porém não são fortes o suficiente para enfrentar um exército inteiro, mesmo com o retorno de um antigo aliado. Para derrotar os mogadorianos, cada um deles precisará dominar seus Legados e aprender a trabalhar em equipe. O futuro incerto faz com que eles busquem a verdade sobre os Anciões e seu plano para os nove lorienos escolhidos. A Garde pode ter perdido batalhas, mas não perderá a guerra.

>>>PRIMEIRA FRASE DO LIVRO<<<
“A estrela do devaneio de fuga desta noite é Seis.”


RESENHA<<<
Mais um livrinho da série “Legados de Lorien”, para conhecer os outros volumes, basta clicar:
Livro 3 – A Ascensão dos Nove              

Eu tenho um problema com essa série, ela fala de perseguição, destruição de um povo, descoberta de coisas, mas em todos os livros, os autores se esquecem disso e transforma o livro em algo tipo passeio no parque. A galera fica de boa, viajando, tranquila e se esquecem de se há uma luta acontecendo, menos nesse, os autores devem ter lido as críticas e arregaçaram as mangas, ‘A Queda dos Cinco’, não tem nada a ver com os anteriores.

A Garde começou a se reunir e a descobrir os seus legados, depois dos incidentes que ocorrem no livro anterior, onde algumas (muitas) coisas deram errado e eles começaram a descobrir que talvez o grande plano deles pudesse ser esmagado pelos Mangorianos, pois nem todos tinham habilidades de luta ou não se esforçavam para aquilo.

Finalmente a última criança de Lorien é resgatada, se isso é algo bom ou ruim, só no decorrer das páginas a gente descobre, ele é novo, e temos aquele choque de entrar em um grupo formado, aprender tudo que os outros já descobriram e tentar seguir adiante.

O livro apesar de levantar alguns dilemas típicos dos adolescentes, ele não se focou nisso ao ponto da exatidão como tinha sido feito anteriormente, são bolhas de normalidade no meio do caos, uma ótima forma de aliviar um pouco a tensão que o livro deixa. Aprender a lutar e conhecer armas são outros momentos que lemos bastante também.

O livro é narrado por alguns personagens e você só percebe por dois motivos, a fonte muda (mas é algo bem discreto, então precisa ter percepção) e também pelo conteúdo do texto, mas aí você só se dá conta disso depois que já leu quase uma página toda... fiquem de olho.

De todos os personagens apresentados, passei a ter uma simpatia maior pelo Nove, ele é cabeça dura e tem um péssimo humor às vezes, mas ele entende o que acontece, quer melhorar, lutar e de repente dar o fora da Terra, de todos eles é o que tem mais pé no chão sobre os acontecimentos. Já tinha comentado isso no livro anterior, e nesse continuamos a ver a mesma intensidade, porém alguns dos outros começam a seguir suas ideias, a ver que talvez ele possa ter razão em alguns itens.

Não sei quantos livros essa série terá, por tudo que tenho lido, o próximo seria o último, mas como teve muitas reviravoltas talvez seja preciso ter mais dois livros para terminar, não sei. E entre todos os livros há milhares de contos de todos eles (disponível apenas em ebook), apesar de ter lido alguns, não li todos os arquivos já disponibilizados até agora, mas em alguns contos foi uma surpresa bacana conhecer um pouco mais de um determinado personagem. Para os fãs da série, ler também esses arquivos é fundamental.

>>>Nas redes sociais há mais venenos <<<